PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
8 nov 2017

Vitória vence após quase 40 dias, sai do Z-4 e deixa Palmeiras a 11 pontos da liderança


O torcedor do Vitória, enfim, pôde comemorar os três pontos novamente no Campeonato Brasileiro. O time recebeu o Palmeiras no Barradão e venceu por 3 a 1, nesta quarta-feira, pela 33ª rodada. Yago, duas vezes, e Tréllez marcaram para os mandantes. Dudu descontou.

Os rubro-negros não ganhavam desde 1º de outubro, quando fizeram 3 a 2 no Botafogo, fora de casa. Desde então, foram três derrotas e três empates em seis compromissos. Já os alviverdes chegam ao seu terceiro confronto sem triunfar, já que vinham de derrota no clássico para o Corinthians e empate com o Cruzeiro.

Com o resultado, o time baiano vai a 38 pontos e sobe da 17ª para a 16ª colocação, deixando a zona de rebaixamento, já que o Sport (36) perdeu para o Botafogo mais cedo. A equipe paulista, por sua vez, estaciona nos 54 pontos e vê o líder Corinthians (que bateu o Atlético-PR) abrir 11 de vantagem.

Pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Vitória irá a Porto Alegre encarar o Grêmio, no domingo, às 17h (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Palmeiras receberá o Flamengo no Allianz Parque.

 

 

Os donos da casa começaram embalados e já venciam por 2 a 0 com menos de 15 minutos. Primeiramente, aos 6min, Patric cruzou rasteiro da direita, Tréllez chegou antes de Edu Dracena e ajeitou para Yago, que chutou para o fundo da rede. O segundo veio oito minutos depois. Tréllez foi acionado no ataque, usou bem o corpo, se aproveitou de antecipação ruim de Juninho, avançou e só tirou de Fernando Prass.

A equipe alviverde, então, mostrou poder de reação e descontou rapidamente. Aos 19min, Keno driblou Geferson, cruzou com desvio, e Dudu completou de cabeça para a rede. O empate quase veio no minuto seguinte, quando Fernando Miguel mandou para escanteio uma conclusão de Erik.

A agitação, porém, ficaria só na metade inicial do primeiro tempo. O jogo reduziu o ritmo, mas isso não impediu que o time mandante fizesse o terceiro ainda antes do intervalo. Aos 39min, David escapou da marcação na esquerda, tocou para o meio e, após dividida e corte parcial da defesa, Yago fugiu de Tchê Tchê e chutou cruzado para vencer Fernando Prass.

 

 

Para a segunda etapa, Alberto Valentim lançou o time ao ataque ao colocar o atacante Fernando na vaga do volante Bruno Henrique. O jovem foi relacionado para o jogo devido a uma série de ausências no setor ofensivo. Borja foi convocado pela seleção colombiana, Willian se recupera de lesão e Deyverson estava suspenso.

Apesar da ideia dos alviverdes de irem para cima, o primeiro lance de perigo seria dos rubro-negros: Fernando Prass foi bem para defender cabeceio de Tréllez.  A resposta veio pouco depois com um chute travado de Moisés.

Os torcedores da casa levaram um susto aos 18min, quando Uillian Correia derrubou Dudu na entrada da área, levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso. Na cobrança, Róger Guedes mandou sobre o alvo.

Mesmo com a desvantagem numérica, o Vitória conseguiu administrar a vantagem, não sofreu tantos riscos e confirmou o fim do jejum. Guerra até marcou nos acréscimos, mas o lance foi anulado por impedimento.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 3 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Barradão, em Salvador
Data: 8 de novembro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa)
Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra
Cartões amarelos: Yago, René e José Welison (VITÓRIA); Mayke (PALMEIRAS)
Cartão vermelho: Uillian Correia (dois amarelos) (VITÓRIA)
GOLS:
VITÓRIA: Yago, aos cinco, Tréllez, aos 14 e Yago novamente aos 39 minutos do primeiro tempo
PALMEIRAS: Dudu, aos 19 minutos da etapa inicial

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Bruno Henrique (Fernando), Tchê Tchê e Moisés; Keno (Guerra), Dudu e Erik (Róger Guedes). Técnico: Alberto Valentim

VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Wallace e Geferson; José Welison (Carlos Eduardo), Uillian Correia e Filippe Souto (Ramon); Yago (René); David e Tréllez. Técnico: Vágner Mancini

 

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário