PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 fev 2015

Vídeo mostra ônibus batendo em poste em acidente com cerca de 60 feridos


98888888888888A Polícia Civil disse nesta segunda-feira (9) que vai investigar as causas do acidente que deixou cerca de 60 pessoas feridas em um ônibus, na noite desse domingo (9), na avenida Epitácio Pessoa, na capital paraibana. O motorista do transporte coletivo perdeu o controle do veículo e bateu em uma árvore após, segundo relatos de testemunhas ao Corpo de Bombeiros, ser atingido por uma pedrada. As câmeras de monitoramento da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) gravaram o momento do acidente. Veja o vídeo abaixo.

O delegado Robson Couras, da 3ª Delegacia Distrital, será o responsável pela apuração do caso. As imagens do circuito de monitoramento da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) flagraram o momento em que o motorista do ônibus perdeu o controle do veículo e já foram entregues à polícia. O vídeo foi analisado e será encaminhado ao Instituto de Polícia Científica (IPC). O ônibus também passará por perícia.

LEIA MAIS: Ônibus bate em árvore e cerca de 60 pessoas ficam feridas

O delegado Antônio Braynner, da 1ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, também acompanha as investigações e pediu que a população ajude a polícia a identificar as pessoa envolvida com a causa do acidente. Quem conhecer o autor da pedrada que atingiu o motorista e fez com que ele perdesse o controle do ônibus deve entrar em contato com o Disque Denúncia, através do telefone 197. “É muito importante que pessoas que tenham testemunhado do fato possam contribuir para a elucidação dessa ocorrência”, disse Brayner.

O acidente

De acordo com testemunhas, o motorista do transporte coletivo perdeu o controle do veículo depois de ser atingido por uma pedrada. A causa do acidente, no entanto, não foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros.

Com o impacto da colisão, duas pessoas, entre elas o motorista do ônibus, ficaram presas às ferragens e precisaram ser resgatadas por uma equipe do Corpo de Bombeiros. De acordo com a assessoria do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, o condutor do transporte coletivo passou por cirurgia e seu quadro clínico é regular.

Ainda conforme o hospital, entre as vítimas do acidente estão três crianças, 11 adolescentes e dois idosos. O primeiro boletim médico divulgado nesta segunda-feira (9) dizia que um homem de 33 anos e dois adolescentes, de 12 e 15 anos, ficaram em estado grave. Na atualização do documento, publicado no fim da manhã, o hospital informou que o quadro clínico das vítimas havia evoluído para regular.

Segundo a Unitrans, o motorista da empresa, que conduzia o veículo, perdeu a consciência, fraturou ossos da perna com o impacto e passou por cirurgia.

Ao todo, foram necessários 35 profissionais do Corpo de Bombeiros para prestar socorro às vítimas, conforme o major Thiago Aragão. “Mobilizamos oito viaturas, entre carros de salvamento, resgate, prevenção a incêndios e ambulâncias. Enviamos a de combate a incêndio porque havia esse risco no local, mas ela não foi utilizada”, disse ao Portal Correio. A ação aconteceu em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo o Corpo de Bombeiros, 45 pessoas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e 14 foram socorridas para o Hospital de Ortotrauma (“trauminha”), no bairro de Mangabeira. Como o acidente ocorreu próximo a uma parada de ônibus, há suspeitas de que pedestres estejam entre as vítimas.

O acidente aconteceu após o desfile do bloco de carnaval “As Virgens de Tambaú”, um dos mais tradicionais do Folia de Rua de João Pessoa. Por causa da festa, o ônibus estaria com mais passageiros do que o veículo costuma levar no mesmo horário em dias comuns.

Portal Correio

Comentários

Nome

E-mail

Comentário