PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
13 set 2015

Victor pega pênalti no fim e Galo arranca empate do Cruzeiro


DSC_0066O Cruzeiro empatou com o Atlético-MG, na tarde deste domingo (13), por 1 a 1, no Mineirão. Na partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, Willian desencantou em clássicos e abriu o placar para o time comandado por Mano Menezes. O atacante ainda desperdiçou um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo. Victor fez a defesa. Substituto de Patric, Carlos marcou o de empate para a equipe visitante.

Com a igualdade deste fim de semana, o Galo segue na vice-liderança, com 49 pontos, cinco atrás do líder Corinthians. O Cruzeiro, por sua vez, vai a 29 e encerra a rodada na 14ª colocação, com dois a mais que o Coritiba, primeiro da zona de rebaixamento.

O visitante suportou os dez minutos iniciais de pressão do dono da casa e foi quem controlou as ações do jogo, mesmo que sem tanta produtividade. Com mais volume de jogo, a equipe de Levir Culpi trocou muitos passes na faixa central do campo. As melhores oportunidades, contudo, saíram dos pés de Marcos Rocha e Luan, dupla que se posicionou pelo lado direito do gramado. O lateral-direito do Galo deixou Lucas Pratto em ótimas condições no primeiro tempo na principal chance alvinegra, mas o argentino desperdiçou.

Embora fosse mandante, a Raposa se posicionou no campo de defesa, saindo nos contragolpes. O próprio esquema adotado por Mano Menezes indicou isso. Sem um centroavante fixo – Vinícius Araújo e Leandro Damião ficaram fora para a entrada de Marquinhos –, o time celeste contou com um ataque bastante veloz, que propiciou as chegadas em velocidade.

Mesmo com a postura adotada, o Cruzeiro marcou o seu gol em outro tipo de lance. Patric cometeu erro na saída de bola e entregou a posse para Willian. O camisa 25 do time bicampeão brasileiro finalizou entre as pernas de Victor, que também falhou no lance, e abriu o placar no primeiro tempo.

Levir Culpi tentou melhorar a ofensividade do Atlético ao sacar Patric, improvisado na linha de atacantes, e colocar Carlos. A mudança, contudo, não surtiu efeito, sobretudo porque dois dos pilares na construção do jogo – Rafael Carioca e Giovanni Augusto – encontraram dificuldades na criação.

Se o Galo foi quem teve mais volume de jogo em condições normais – as duas equipes com 11 atletas cada em campo –, a situação se intensificou com a expulsão infantil de Eugenio Mena. Sem o lateral-esquerdo chileno, o Cruzeiro ficou ainda mais vulnerável, mas o visitante demorou a converter a sua oportunidade. Carlos aproveitou escanteio cobrado por Dátolo e fez de cabeça. Victor ainda defendeu pênalti cobrado por Willian aos 45 minutos da etapa complementar.

 FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 13/09/2015 – às 16h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS/Fifa)
Assistentes: Marcio Eustaquio S Santiago (MG) e Guilherme Dias Camilo (MG/Fifa)
Público / Renda: 45.991 pagantes / R$ 1.650.490,00

Cartões amarelos: Eugenio Mena, Fabiano, Fabrício (Cruzeiro); Marcos Rocha, Giovanni Augusto, Leandro Donizete, Josué, Jemerson (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Eugenio Mena – 7’/2ºT (Cruzeiro)

Gols: Willian – 37’/1ºT (1-0); Carlos – 43’/2ºT (1-1); Willian

Cruzeiro: Fábio; Ceará (Fabiano – 17’/2ºT), Bruno Rodrigo, Manoel e Eugenio Mena; Henrique, Willians (Charles – 35’/2ºT), Ariel Cabral e Alisson; Marquinhos (Fabrício – 14’/2ºT) e Willian. Técnico: Mano Menezes.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Josué – 39’/2ºT), Rafael Carioca (Dátolo – 15’/2ºT), Patric (Carlos – Intervalo) e Giovanni Augusto; Luan e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário