PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
7 out 2018

Vasco encara clássico com o Botafogo como um ‘divisor de águas’ em 2018


Até agora na temporada, o Vasco não conseguiu dar alegrias ao seu torcedor. Sucessivas falhas, eliminações precoces nos torneios internacionais da Conmebol – Libertadores e Sul-Americana -, briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro… Faltando três meses para o fim de 2018, entretanto, o Cruz-Maltino vem trabalhando forte para que dê uma arrancada final na competição nacional, se mantenha na elite e, de quebra, volte a um torneio internacional em 2019. Para isso, o clássico com o Botafogo, na terça-feira, é considerado como a chance de um “divisor de águas” para o Vasco.

De acordo com o matemático Gilcione Costa, da Academia LANCE!, responsável pelas probabilidades de futebol da Universidade Federal de Minas Gerais, o Vasco tem 0,12% de chance de conseguir uma vaga na Conmebol Libertadores de 2019, e 25,6% de conquistar a classificação para a Sul-Americana. A chance de rebaixamento do Cruz-Maltino, hoje, é de 29,9%. Conquistando os três pontos no clássico com o Botafogo, os números tendem a ficar mais favoráveis, além do aumento da confiança para a sequência das partidas, onde cada gol marcado, cada ponto somado, ganham uma extrema importância para os objetivos.

– Pode ser um divisor de águas. Estamos pensando em propor um jogo importante e interessante taticamente contra o Botafogo. Vai ser um jogo que o Vasco tem total capacidade de ganhar e mostrar sua qualidade, como já fez em outras partidas. O torcedor tem uma certa preocupação, mas nós temos a convicção que vamos sair muito bem dessa situação, com futebol e apresentando um bom estilo de jogo. É procurar fazer o nosso papel, até para irmos mais motivados para os próximos desafios – afirmou o zagueiro Oswaldo Henríquez.

Oswaldo Henríquez deve ganhar a chance de titular na zaga no lugar de Leandro Castan, que cumprirá suspensão automática por ter sido expulso diante do Paraná, na rodada passada. Henríquez não fica entre os titulares desde a partida contra a LDU, do Equador, disputada há quase dois meses em São Januário. Ele se vê preparado para ajudar a equipe nesta busca pelo novo caminho na reta final o Brasileiro, além de um bônus, que seria, caso vença o Botafogo, a primeira vitória como visitante do Vasco na competição – jogo será no Rio de Janeiro, mas no Nilton Santos, com mando do rival.

– Estou bem e cem por cento à disposição da comissão técnica. Tenho a confiança plena de que posso ajudar o time a dar o seu melhor dentro de campo. Nossa equipe vem numa crescente, mesmo atravessando por um momento de pressão e tendo a necessidade de pontuar. Temos mostrado coisas positivas dentro de campo e nossa ideia é dar continuidade. Vamos ter uma partida fora de casa, mas que será aqui no Rio de Janeiro, então é uma oportunidade importante para somarmos três pontos. Esse é o nosso objetivo – finalizou o defensor.

O Vasco está sem perder há quatro jogos, o que já mostra uma melhora no trabalho de recuperação da equipe na temporada. Os comandados de Alberto Valentim possuem atualmente 30 pontos no Brasileiro, uma vitória contra o Botafogo fará a equipe, além de passar o próprio rival na tabela de classificação, se aproximar da zona de classificação para a Sul-Americana. Em um ano que os principais objetivos até agora não foram alcançados da forma que o torcedor esperava, a oportunidade de redenção é única para que deslanchem nas rodadas finais e deem um fim de ano feliz a quem mais ama o clube.

Fonte: Lance!

 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário