PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
29 jun 2015

Vargas vira artilheiro, Chile vence um guerreiro Peru e está na final


HOME-America-Eduardo-Vargas-PorciunculaAFP_LANIMA20150629_0160_1Chile e Peru fizeram nesta segunda-feira, no Estádio Nacional, em Santiago, um jogo que faz jus à enorme rivalidade entre os países vizinhos. A partida começou nervosa e com confusões, mas após a expulsão boba de Zambrano aos 20 minutos, a Roja cresceu, viu um adversário aguerrido, mas venceu o Clássico do Pacífico por 2 a 1, em dia de nova arbitragem confusa e show de Vargas, novo artilheiro do torneio. A seleção segue com o enorme sonho de conquistar o título inédito da Copa América. Está na final, o que não acontecia desde 1987.

Copa_America-Chile_x_Peru-Vargas_comemora_LANIMA20150629_0158_52

Vargas foi o craque do jogo (foto:PABLO VERA LISPERGUER/AGENCIAUNO)

Sem o suspenso Jara, Jorge Sampaoli ainda tirou Mena e fez o lado esquerdo da defesa com Rojas e Albornoz. Isso não fez mudar muito o esquema. Mas o Peru entendeu o jogo do Chile, e colocou quatro homens fazendo muita pressão. O time de Ricardo Gareca começou melhor, e a Roja não conseguiu fazer o seu padrão funcionar. Até a expulsão boba e infantil de Zambrano. O time da casa encaixou e acabou se garantindo na final, no próximo sábado, contra o vencedor do jogo entre Argentina e Paraguai, nesta terça-feira, em Concepción. Vale destacar que teve um gol ilegal válido, e um legal invalidado.

O Chile logo criou chances. Uma com Isla na direita, mas estava impedido, e depois com lindo lançamento de Albornoz para Vargas, que foi bloqueado na finalização por Ascues. Rapidamente a enorme rivalidade apareceu. Com menos de cinco minutos já teve confusão, com Vidal e Zambrano Poucos momentos depois, mais uma envolvendo Sánchez e novamente, Zambrano. O peruano até foi amarelado.

Durante o jogo, a seleção local que parecia nervosa. O Peru atuava com quatro jogadores fazendo pressão na frente e buscando o ataque. Rapidamento Farfán colocou uma bola na trave após cruzamento de Guerrero. Mais tarde, Lobatón quase fez um golaço em chute de longe. O Peru era melhor.

Até que Zambrano complicou tudo. O zagueiro Zambrano, que já tinha entrado em conflitos, fez falta dura em Aránguiz, viu o vermelho direto e foi para o chuveiro com 20 minutos de jogo. Ricardo Gareca teve que tirar Cueva, colocou Ramos, e deixou Guerrero isolado, sem tanto companhia, com Farfán e Carrillo tentando sair em velocidade. Mas o Chile passou a dominar e logo surgiram duas chances, ambas com Valdivia, que enfim apareceu no jogo. Seriam golaços, mas foram para fora.

HOME-Expulsao-Zambrano-Valdivia-AranguaAFP_LANIMA20150629_0146_51 (1)

Expulsão de Zambrano mudou o jogo (Foto: Rodrigo Arangua/AFP)

O Peru até era valente. Mas o Chile se animou e conseguiu aplicar o seu jogo tendo um homem a mais. Vargas também teve ótima chance após lance pela direita, mas foi travado. E os visitantes eram bastante perigosos nos contra-ataques. O jogo era bom. E a superioridade da Roja acabou se convertendo em gol. Sánchez acertou um chute cruzado, foi na trave, e Vargas, em posição duvidosa, aproveitou o rebote e finalizou esquisito, mas suficiente para tirar de Gallese.

Logo no início do segundo tempo, Sampaoli fez duas mudanças. Tirou Albornoz e Díaz, colocou Mena e Pizarro. Esse segundo acertou um lindo passe para Vargas, que fez um golaço. Em posição legal, o árbitro anulou. Como o primeiro gol estava levemente impedido, um compensa o outro… O Peru saiu para o jogo e teve oportunidades. Fez Bravo trabalhar.

HOME-America-Eduardo-Vargas-PorciunculaAFP_LANIMA20150629_0157_51

Chile volta a uma final de Copa América. A última foi em 1987, quando perdeu para o Uruguai (Foto: Pablo Porciuncula/AFP)

O time de Gareca mostrou coragem. E foi premiado. Guerrero abriu linda bola para Advíncula, que colocou na área. Carrillo foi lá, mas quem colocou para dentro foi Medel. A resposta foi imediata. Vargas arriscou um chute de longe e marcou um golaço. Assim, assumiu a artilharia da Copa América com quatro.

Gareca mexeu. Colocou Yotún, ex-Vasco, e Claudio Pizarro. Eles até criaram uma jogada juntos, mas o Peru não reagiu, a Roja se segurou e está na final. Agora será uma infinidade de Chi Chi Chi Le Le Le até sábado, dia da final.

FICHA TÉCNICA
CHILE 2X1 PERU

Local: Estádio Nacional, em Santiago (CHI)
Datahora: 29/06/2015, às 20h30 (de Brasília)
Público: 45.651 presentes
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Jorge Urrego (VEN) e Byron Romero (EQU)

Gols: Vargas (42’/1°T), Medel (contra, 14’/2°T), Vargas (18’/2°T)

Cartões amarelos: Zambrano (PER)
Cartões vermelhos: Zambrano (PER)

CHILE: Bravo, Isla, Silva, Rojas e Albornoz (Mena, intervalo); Díaz (David Pizarro, intervalo), Aránguiz, Vidal e Valdivia (Felipe Gutiérrez, 36’/2°T); Vargas e Sánchez. Técnico: Jorge Sampaoli
PERU: Gallese, Advíncula, Zambrano, Ascues e Vargas; Lobatón (Yotún, 27’°T), Ballón, Farfán e Carrillo (Pizarro, 27’/2°T); Cueva (Ramos, 27’/1°T) e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca

 LANCENET!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário