PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
1 set 2017

Uefa vai investigar PSG por fair play financeiro


Após o Paris Saint-Germain gastar 238 milhões de euros (R$ 884,43 milhões) na atual janela de transferências (222 milhões no atacante Neymar e 16 milhões de euros no lateral esquerdo Yuri Berchiche), além de contratar o atacante Kylian Mbappé por empréstimo com valor de compra fixado em 180 milhões de euros, a Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) informou nesta sexta-feira que iniciou investigação de fair play financeiro em cima do clube francês.

“A Uefa abriu procedimento formal de investigação sobre o Paris Saint-Germain como parte do atual monitoramento das regulações de fair play financeiro nos clubes. A investigação irá focar se o clube está cumprindo todos os requerimentos exigidos, particularmente considerando as transferências recentes”, disse a entidade, em comunicado.

“Nos próximos meses, a Câmara de Investigação da Uefa irá regularmente se encontrar para analisar cuidadosamente todos os documentos pendentes do caso. A Uefa considera o fair play financeiro como parte crucial de seus mecanismos de governança, visando assim assegurar a sustentabilidade financeira do futebol europeu”, completou o órgão.

No comunicado, a Uefa ainda informou que “não irá se pronunciar” sobre o caso enquanto todas as investigações não forem concluídas.

As regras de fair play determinam principalmente que os clubes não podem gastar muito mais do que arrecadam. Quando a regra foi criada, em 2011, o déficit entre gastos e lucros não poderia ultrapassar os 5 milhões de euros (R$ 18,58 milhões). Hoje, porém, caso os proprietários das equipes tenham patrimônio como garantia, o valor pode chegar a 30 milhões de euros (R$ 111,4 milhões) no período de três anos.Além disso, os clubes que se qualificam para as competições europeias precisam provar que não têm dívidas, sejam elas com outros clubes, jogadores, previdência social ou autoridades fiscais de seus respectivos países. Caso estejam devendo, podem ser excluídos dos torneios e impedidos de participar pelos próximos anos.

Na atual janela, o PSG gastou 222 milhões de euros (R$ 825 milhões) em Neymar e mais 16 milhões de euros (R$ 59,45 milhões) em Yuri Berchiche – o lateral direito Daniel Alves chegou a custo zero, depois de rescindir seu contrato com a Juventus.

brasil-equador

Por outro lado, a equipe francesa negociou o lateral Serge Aurier (25 milhões de euros), o volante Blaise Matuidi (20 milhões de euros), o atacante Jean-Kévin Augustin (13 milhões de euros) e o também ala Youssouf Sabaly (4 milhões de euros). Portanto, arrecadou 62 milhões de euros (R$ 230,4 milhões) em vendas.

O balanço do momento, portanto, é negativo em 176 milhões de euros (R$ 654 milhões).

Fonte: ESPN

 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário