PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
30 jun 2019

Trump se torna o primeiro presidente americano a pisar na Coreia do Norte


A manhã deste domingo (30) começou com um fato histórico para os Estados Unidos: pela primeira vez um presidente norte-americano conseguiu pisar em solo norte-coreano. Donald Trump, que estava na Coreia do Sul, cruzou a fronteira entre as penínsulas em seu terceiro encontro com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

No evento histórico, Trump e Kim concordaram em reiniciar as negociações sobre um acordo nuclear. “É um grande dia para o mundo. Queremos acabar com um passado desagradável e tentar criar um novo futuro”, disse o americano.

O encontro aconteceu na Zona Desmilitarizada, linha que divide o território das Coreias, e chegou a dar 20 passos até a base de um prédio do lado norte-coreano, onde esteve brevemente, por cerca de um minuto. Logo depois, ambos voltaram à parte sul-coreana, e lá ficaram reunidos por aproximadamente uma hora.

A Casa Branca registrou o momento em que os dois apertam as mãos, que antecedeu a entrada do presidente dos EUA ao lado da Coreia do Norte. O vídeo da cena histórica foi postado nas redes sociais. Confira:

Aos jornalistas que fizeram a cobertura do evento, Kim afirmou que “fica feliz” em ver Trump novamente. “Jamais esperava vê-lo neste lugar”, ressaltou. “Trata-se de um momento histórico que pretende pôr fim ao conflito na península”, disse o líder norte-coreano.

Trump, por sua vez, se declarou “orgulhoso” de cruzar a linha que divide as duas Coreias. A fala foi dita a Kim depois que os dois retornaram ao lado sul-coreano. “É um grande dia para o mundo.”

Em seguida, na JSA, os líderes apertaram as mãos novamente e Kim cumprimentou Moon Jae-in, presidente da Coreia do Sul que também havia ido à fronteira.

Kim e Trump se reuniram na JSA por 50 minutos e o americano afirmou que convidou o líder norte-coreano para visitar a Casa Branca, mas não há informações sobre se o convite foi aceito.

Sobre o que foi dito entre eles, a informação é que os dois países devem começar a realizar reuniões de trabalho “nas próximas duas ou três semanas”, segundo Trump. Os encontros terão como tema o processo de desnuclearização.

“O que vai acontecer é que nas próximas duas ou três semanas as equipes vão começar a trabalhar”, disse.

A reunião dos dois líderes foi uma surpresa, principalmente após o resultado da última vez que estiveram juntos, quando não entraram em um acordo sobre o programa nuclear da Coreia do Norte .

Na manhã de sábado (29), Trump afirmou que não havia se preparado para o encontro e que agiu por instinto quando decidiu convidá-lo, por meio de um Tweet (que depois se oficializou), para uma reunião. “Tive a ideia esta manhã”, disse.

 

Fonte: iG

Comentários

Nome

E-mail

Comentário