PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
24 abr 2016

Traficante diz que Prince era viciado em remédios e gastava até R$ 150 mil em comprimidos


A causa da morte de Prince ainda é um mistério. No entanto, a mídia internacional especula o que teria levado o músico a sair de cena aos 57 anos.

Uma matéria publicada pelo jornal inglês Daily Mail traz uma longa entrevista com Doctor D, que se apresenta como traficante do cantor entre 1984 e 2008.

Ex-integrante da equipe de Prince, ele diz que o músico era viciado nos opiáceos Dialudid e Fentnayl. Durante os 24 anos em que fez o consumo dessas substâncias, ele chegou a gastar R$ 150 mil de uma vez só adquirindo suplementos para seis meses.

Doctor D conheceu Prince durante as gravações do filme Purple Rain e diz que ele já era viciado naquela época. As drogas eram usadas para inibir a timidez ao se apresentar ao vivo, fobia que ele não conseguiu vencer até o fim da vida.163343,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

Apesar disso, o traficante ressaltou que o músico nunca usou substâncias ilegais, não fumava cigarros, nem bebia ou cheirava cocaína. “A alimentação dele também era balanceada, com bastante saladas. Ele mantinham um bom equilíbrio e nunca demonstrou ser um viciado na frente de outras pessoas”.

No entanto, Dilaudid é um opiáceo potente baseado em heroína. O remédio proporciona energia, ao mesmo tempo que deixa o usuário relaxado. Já Fentanyl chega a ser de 80 a 100 vezes mais forte que morfina e 50 vezes superior à heroína.

Para Doctor D, Prince pode ter morrido a ingerir esses analgésicos com Percocet, que foi receitado pelos médicos após a suposta overdose que ele teve uma semana antes de morrer. À base de Tylenol, a mistura pode causar overdose.

O traficante ainda diz que o músico pode ter omitido o vício em remédios ao ser atendido pelos médicos, o que teria sido um equívoco fatal.

O cantor norte-americano de 57 anos foi encontrado morto na manhã de quinta (21), na casa onde morava, em Minnesota, nos Estados Unidos. O corpo de Prince foi encontrado no elevador da casa. A informação foi confirmada pela assessora do artista, Anna Meacham.

— É com muita tristeza que eu confirmo a que a lenda, o icônico Prince Rogers Nelson morreu.

   Portal Correio 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário