PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
20 jul 2016

Sport exige desculpas de jornalista do SporTV que ofendeu o Nordeste


Na noite desta terça-feira (19), o presidente do Sport Recife, João Humberto Martorelli, divulgou uma nota dizendo que exigiu desculpas públicas de Eduardo Bueno, o Peninha, por declarações xenofóbicas no “Extraordinários”, do SporTV, no último domingo (17).

Segundo comunicado, Humberto “entrou em contato com a Rede Globo para cobrar uma retratação frente às declarações de teor preconceituoso feitos pelo apresentador Eduardo Bueno, conhecido por ‘Peninha'”. Diz ainda que o discurso do apresentador não apenas deprecia a imagem do Sport Club do Recife, mas também a de todo o Nordeste e do futebol nordestino.

O Sport encerra a nota dizendo que xenofobia é crime: “É importante ainda frisar que xenofobia é crime segundo a lei nº 7.716, em seu artigo 1º, que diz que ‘Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional'”.

Entenda o caso

eduardobueno-peninha-extraordinarios

Torcedor do Grêmio, Peninha soltou sua raiva de torcedor contra o Sport Club do Recife e todo o Nordeste no “Extraordinários”.

Ao falar da derrota do Grêmio para o Sport, no último domingo (17), ele disse que não respeitava o time e que nem sabia que se jogava futebol “ao norte da Bahia”.

“O Sport é patético. Eu não respeito. Eu nem sabia que tinha futebol ao norte da Bahia”, disse Peninha, com Maitê Proença endossando a “piada” logo após. “E tinha gente lá no estádio assistindo”, afirmou a atriz.

Além disso, o jornalista também mostrou preconceito com os autistas, ao falar que o jogador do Grêmio, Luan, “era meio autista” por ser lento de raciocínio.

Como já era esperado, as reações foram as piores possíveis. A tag #PeninhaDoPreconceito foi lançada e toma conta das redes sociais. Jornalistas esportivos do Nordeste também já endossam o coro.

Até o Náutico, rival do Sport, pediu respeito: “também somos da parte ‘acima da Bahia’ e achamos patético o preconceito com o Nordeste!”.

    Fonte: Natelinha 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário