PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
14 out 2015

Showman, e torcedor do Fluminense, Miele morre aos 77 anos


Panelas2Uma das mais importantes figuras da cultura brasileira encerrou sua carreira aqui na Terra nesta quarta-feira. Aos 77 anos, o ator, diretor e produtor Luiz Carlos Miéle sofreu um mal súbido e foi encontrado morto em sua casa pela manhã, em São Conrado, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro.

 Nascido em 1938 em São Paulo, Miéle teve sua primeira ligação com o futebol ainda em sua terra natal. Na década de 1950, ele atuou nas categorias de base do Palmeiras, mas não teve sucesso.

Em seguida, mudou-se para o Rio de Janeiro e, após trabalhar na TV Continental em 1959, começou a se destacar no surgimento da Bossa Nova. Ao lado de Ronaldo Bôscoli, Miéle promoveu shows e encontrou outra paixão: o Fluminense.

– Foi por culpa da Bossa Nova. Alguns meses depois que cheguei ao Rio, conheci Bôscoli, que era Fluminense ferrenho e frequentava as cadeiras especiais. Além dele, Elis Regina fingia que era tricolor mas não era (risos). Tinha (o cineasta e ator Hugo) carvana, Chico Buarque, e eu fui no bolo. Fui conhecido como torcedor do Fluminense, entrou no livro do clube – recordou-se, no documentário “Energia das Torcidas”.

Os tricolores Miéle e Bôscoli promoveram shows no Beco das Garrafas, bar que era considerado reduto da Bossa Nova e lançou nomes como Sérgio Mendes e Ivan Lins. Mais tarde, a dupla dirigiu shows de Wilson Simonal e Elis Regina.

Durante 23 anos, foi responsável ao lado de Bôscoli pela direção de shows de Roberto Carlos, como “A 200 km por hora”, “Além da Velocidade”, “Palhaço” e “Coração”, e, mais tarde, de textos dos especiais do cantor na Rede Globo.

Além do trabalho com Ronaldo Bôscoli (que faleceu em 1993), Luiz Carlos Miéle participou de um emblemático show ao lado de Elis Regina, intitulado “Elis & Miéle”, no Teatro da Praia. Seu lado showman ainda ganhou destaque na televisão, em programas como “Sandra & Miéle” (ao lado da atriz Sandra Bréa), “Planeta dos Homens” e “Praça da Alegria”, na Rede Globo, e “Coquetel”, no SBT.

Em seus últimos trabalhos, Luiz Carlos Miéle participou como ator na novela “Geração Brasil”, e realizava pelo país o show “O Contador de histórias”, no qual cantava e contava piadas e histórias da música brasileira.

 LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário