PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
27 ago 2016

Sem Hamilton, Nico Rosberg garante a pole do GP da Bélgica


O piloto alemão Nico Rosberg, da Mercedes, bateu Max Verstappen, da Red Bull, para garantir a pole-position do GP da Bélgica, tirando vantagem da eliminação antecipada do seu companheiro Lewis Hamilton do Q1, que já tinha sua posição no fim do grid determinada.

Rosberg cravou 1:46.744 na sua primeira volta do Q3 para terminar 0.149s à frente de Verstappen, que conquistou pela primeira vez a primeira fila do grid depois de um susto em sua caixa de câmbio no terceiro treino livre.

Kimi Raikkonen precisou de sua segunda volta rápida depois de escapar na Campus, e conseguiu fazer o suficiente para superar seu companheiro de equipe na Ferrari, Sebastian Vettel.

O treino de formação do grid para o Grande Prêmio da Bélgica na extensa pista de Spa-Francorchamps começou com clima quente com os pilotos logo registrando suas voltas na primeira parte da qualificação (Q1).

Romain Grosjean, da Haas, foi o primeiro carro ao marcar tempo. Mesmo sabendo de sua punição, Lewis Hamilton foi a pista dar apenas uma volta de instalação com sua Mercedes e depois voltou aos boxes, assim como Marcus Ericsson, da Sauber, que também foi punido com a perda de 10 posições.

Os tempos vinham baixando e quem se destacou foi o brasileiro Felipe Nasr fazendo a segunda marca faltando 11 minutos para o término da sessão. Logo o piloto da Sauber foi superado pelos demais caindo para lista de carros eliminados.

Neste momento, Kimi Raikkonen com Ferrari marcou o melhor tempo, para na sequência o companheiro Sebastian Vettel o superar. Kevin Magnussen com sua Renault e Nasr tiveram suas voltas anuladas por terem passado com as quatro rodas em cima da faixa branca como punição e ambos precisaram fazer uma nova volta para tentar passar para a segunda parte da classificação.20160827_belgiangp_quali

Fernando Alonso, em um fim de semana repleto de problemas, parou com sua Mclaren e deu adeus ao treino, mesmo sabendo que ele irá largar no fim do grid.

Vettel vinha confirmando como melhor marca com o tempo de 1:47.802, mas Felipe Massa surpreendeu e registrou uma volta magistral ao superar ao alemão fazendo 1:47.738 e garantir como o mais rápido da primeira sessão do treino oficial.

Felipe Nasr não conseguiu passar para segunda parte (Q2), ficando somente em 17º lugar com o tempo de 1:48.949 como o primeiro dos eliminados. Além de Nasr outros cinco pilotos ficaram de fora com Esteban Ocon (Manor), Daniil Kyvat (Toro Rosso), e os três pilotos punidos Ericsson, Hamilton e Alonso.

A segunda parte do treino teve seu início com Nico Rosberg logo saindo para pista registrar sua volta e fazendo a melhor marca com 1:48.019, e ainda ser o carro mais rápido no trecho de maior velocidade da pista de Spa com 319.8 Km por hora.

Muitos pilotos utilizavam pneus macios ou super macios visando obter vantagem para corrida, já que após o fim da segunda parte da sessão é o composto que largam os competidores. Os dois carros da Williams marcaram seus tempos com Valtteri Bottas registrando o sexto tempo e na sequência Massa supera o companheiro ficando com sua posição e deixando o finlandês em sétimo.

A segunda parte chegou ao fim e Nico ficou com o melhor tempo seguido de perto por Max Verstappen em segundo com pouco mais de um segundo de desvantagem. Massa foi o sexto e garantiu sua vaga ao Q3.

Os pilotos eliminados na segunda sessão foram: Grosjean (Haas), Magnussen (Renault), Gutierrez com o outro carro da Haas e Jolyon Palmer também com o chassi amarelo da Renault. Carlos Sainz com sua Toro Rosso, além de Pascal Wehrlein de Manor com uma boa 16º posição.

Na parte decisiva da classificação com os top 10 na pista, logo foram registrados os tempos com Bottas abrindo os trabalhos e superado em seguida por Perez. Vettel cravou a melhor marca, mas o jovem Verstappen tratou logo de registrar o melhor tempo com 1:46.893. Mas até que Rosberg fez valer a superioridade com sua Mercedes e fez 1:46.744 e assim garantir sua 28ª pole na carreira.

No fim alguns pilotos bem que tentaram melhorar suas marcas, mas sem sucesso, somente Button é quem pôde garantir um tempo melhor.

Rosberg garantiu a pole seguido na primeira fila por Verstappen. Raikkonen mesmo com um erro na sua primeira tentativa conseguiu a terceira colocação com o companheiro Vettel em quarto.

Daniel Ricciardo foi o quinto acompanhado dos dois carros da Force India de Perez em sexto e Hulkenberg na sétima colocação. Depois Bottas em oitavo com Button de Mclaren entre as duas Williams, já que Massa fechou em décimo lugar.

Com a punição de Esteban Gutierrez por atrapalhar Pascal Wehrlein no terceiro treino livre, o mexicano foi punido com a perda de cinco posições e assim Nasr ao invés de sair em 17º lugar parte em 16º.

A corrida do Grande Prêmio da Bélgica terá seu início as 9:00 horas, no horário de Brasília, num total de 44 voltas.

Confira o resultado do treino classificatório em Spa-Francorchamps:

20160827_belgiangp_quali

Colaborou: Delano Braga Santos

Comentários