PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
2 jun 2019

Sem dificuldades, Athletico-PR vence Fluminense na Arena da Baixada


Sem dificuldades, o Athletico-PR fez o dever de casa e venceu o Fluminense, por 3 a 0, na Arena da Baixada, neste domingo. Lucho González e Rony, no primeiro tempo, e Marcelo Cirino, no segundo, fizeram os gols da partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor jogou sem três titulares. Ganso, Luciano e Gilberto foram poupados e ficaram no Rio de Janeiro.

Com o resultado, o time paranaense sobe para a décima colocação com 10 pontos. O Flu estaciona na 15ª posição, com 6 pontos. O time carioca volta a campo na quinta, para enfrentar o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Pelo Brasileirão, joga o clássico com o Flamengo, no domingo.

Só deu Furacão


A partida começou com o Athletico pressionando o Fluminense com uma marcação adiantada para impedir a saída de bola adversária. A estratégia funcionou e, com dez minutos de jogo, Marco Ruben já havia mandado uma bola na trave direita de Rodolfo e Rony finalizado com perigo. Perdido em campo, o Tricolor não conseguia se organizar e criar perigo para o rival. O gol do Furacão, que já se desenhava, finalmente saiu aos 20 minutos, quando Rony recebeu de Bruno Guimarães e cruzou na medida para Lucho González finalizar, de cabeça, entre Nino e Matheus Ferraz.

Airton expulso


A sorte não esteve ao lado do Flu em Curitiba. Depois do gol, Matheus Ferraz sentiu dores na perna direita e precisou dar lugar a Yuri Lima, aos 30 da primeira etapa No lance seguinte, Airton, que já tinha amarelo, deu uma entrada dura em Bruno Guimarães e recebeu o vermelho. Com um a menos, ficou difícil para a equipe de Fernando Diniz resistir à intensidade dos paranaenses. Em novo cruzamento da esquerda, dessa vez de Márcio Azevedo, Rony se antecipou a Nino e, de cabeça, ampliou.

Reação difícil 


Em desvantagem numérica, o Fluminense não conseguia manter a posse de bola por muito tempo. O time chegava ao ataque apenas em lançamentos longos para Yony e tentava sair no contra-ataque, sem sucesso. A melhor chance veio de um cruzamento de Caio Henrique da esquerda, que o colombiano não conseguiu completar para o gol. Do outro lado, o Athletico mantinha à postura ofensiva. Nikão e Rony tiveram chances de ampliar.

Sai o terceiro
A dinâmica do jogo não se alterou durante todo o segundo tempo. E, de tanto insistir, o Athletico conseguiu o terceiro gol para liquidar de vez qualquer chance de reação dos cariocas. Marcelo Cirino, que havia entrado no segundo tempo, chutou forte da intermediária, de canhota. A bola desviou em Yuri e Rodolfo não teve chances. Antes disso, o Tricolor teve apenas uma chance com o estreante Brenner, que substituiu Yony González, lesionado. O atacante avançou pela direita e chutou cruzado para fora.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 3 x 0 FLUMINENSE

Data/Hora: 02/06/2019, às 16h (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Gramado: Bom
Público/Renda:12.548 presentes/ R$ 201.145,00
Árbitro: Wagner Reway (PB-FIFA) Nota L! – 6,5 – Acertou na expulsão de Aiton
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP-FIFA) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Árbitro de vídeo: Leonardo Ferreira Lima (PR)
Cartões amarelos: Nikão (ATH); Airton, Nino, Guilherme (FLU)
Cartão vermelho: Airton, 32’/1ºT (FLU)

Gols: Lucho González (20’/1ºT, 1-0), Rony (37’/1ºT, 2-0), Marcelo Cirino (38’/2ºT, 3-0)

ATHLETICO-PR: Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Léo Cittadini, 29’/2ºT), Lucho González (Tomás Andrade, 16’/2ºT) e Bruno Guimarães; Nikão (Marcelo Cirino, 25’/2ºT), Marco Ruben e Rony. Técnico: Tiago Nunes

FLUMINENSE: Rodolfo; Igor Julião, Nino, Matheus Ferraz (Yuri Lima, 31’/1ºT) e Caio Henrique; Airton, Allan, Daniel e Léo Artur (Guilherme, intervalo); João Pedro e Yony González (Brenner, 32’/2ºT). Técnico: Fernando Diniz

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário