PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
8 mar 2017

Fórmula 1 pode ter mulher no grid de largada após mais de 40 anos


A temporada 2017 da Fórmula 1 começa no final do mês de março e poderá ter uma mulher largando em uma das provas: trata-se da colombiana Tatiana Calderón, que completa 24 anos na próxima sexta (10), piloto de testes da equipe Sauber.

Campeã de kart nos EUA e única mulher a conquistar um pódio na Fórmula 3 britânica, ela será a primeira mulher a guiar um carro de Fórmula 1 desde 2014, quando Susie Wolff disputou um treino livre pela Williams no GP da Inglaterra em 2014.Tatiana-Calderon

A chefe da equipe Sauber, Monisha Kaltenborn – primeira mulher a alcançar o posto na F1 – teve grande influência na escolha da colombiana para ocupar a função de testar os carros que o sueco Marcus Ericsson e o alemão Pascal Wehrlein – que sofreu um acidente em janeiro e só volta a treinar nesta semana – usarão durante o ano.

Caso um deles fique impossibilitado de dirigir, Tatiana Calderón poderá ser a primeira mulher a disputar um Grande Prêmio de Fórmula 1 desde a italiana Lella Lombardi, em 1976.

Além de Kaltenborn e Calderón, a Sauber também tem mais uma mulher em cargo de importância na equipe: a estrategista Ruth Buscombe. Sinal verde para novos tempos na mais badalada categoria do automobilismo mundial?

GettyImages-646659884-1024x683

Aos 10 anos, Tatiana Calderón disse aos pais que queria correr na Fórmula 1; Antes de completar 24, é piloto de testes da Sauber (Getty Images)

Fonte:ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário