PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
6 fev 2018

Romário faz críticas ao veto do uso do árbitro de vídeo no Brasileirão


A decisão dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, na sede da CBF, na segunda-feira (5), de vetar o uso do árbitro de vídeo no Brasileirão incomodou o ex-jogador e senador Romário Faria.

Em publicação em suas redes sociais, nesta terça, Romário chamou de “covardes” os 13 clubes que não votaram a favor do uso da tecnologia, e lamentou “como o retrocesso no futebol brasileiro virou rotina”.

À entidade responsável pelo Campeonato Brasileiro e pelo futebol nacional, o senador do Rio de Janeiro também não poupou críticas: “E a CBF, promotora da competição, continua fraquejando, o que demonstra que o afastamento do corrupto Del Nero não é suficiente para as mudanças radicais que precisamos. É preciso tirar de vez toda essa corja que transformou a CBF em reduto de crime organizado”, disse ele.

Confira o texto publicado por Romário em suas redes sociais:

“É triste ver como o retrocesso no futebol brasileiro virou rotina.

Agora mesmo, a maioria dos clubes da Série A foram covardes ao não aprovar a implantação do “árbitro de vídeo” no Brasileirão, alegando alto custo nesse sistema. Fora o Flamengo, Chapecoense, Botafogo, Bahia, Grêmio, Palmeiras e Inter, os demais clubes contribuíram para apequenar ainda mais o nosso futebol e travar a evolução extra-campo que se vê mundo afora.

E a CBF, promotora da competição, continua fraquejando, o que demonstra que o afastamento do corrupto Del Nero não é suficiente para as mudanças radicais que precisamos. É preciso tirar de vez toda essa corja que transformou a CBF em reduto de crime organizado, como já demonstrei na CPI do Futebol. Se a CBF é a promotora do Campeonato por que não bancar as despesas com o “árbitro de vídeo”? Para onde vai o dinheiro que recebe dos patrocinadores? Por que transferir a dívida para os clubes? Está claro que, enquanto não se fizer a limpeza na gestão da CBF, afastando antigos, viciados e corruptos dirigentes, continuaremos na rabeira da evolução que se observa em outros países. Que vergonha!”

 

Fonte: R – 7 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário