PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 nov 2017

Restos de caixão, mau cheiro e fumaça de lixão em cidade do Sertão atormentam moradores


O lixão, localizado no Bairro Lindolfo Pires, em Nazarezinho, Sertão da Paraíba vem incomodando a população do município há anos. Quem mora nas proximidades se sente mais prejudicado e já pediu providências ao município, mas nada fora resolvido.

José Gabriel do Santos disse que tem duas noites que não consegue dormir devido ao incêndio no lixão. “Tampa de caixão, cruz, tudo o que é ruim tem aqui”.

A aposentada Maria Antonia de Oliveira reclamou do mau cheiro. “Catinga de tudo o que não presta. Tem dia que a pessoa não dorme de jeito nenhum”.

Crianças e idosos sentem com mais intensidade o problema do lixão, que foi criado dentro da cidade.

O mototaxista Irismar Carolino de Sousa contou que morava em um sítio, mas se mudou para cidade devido a um problema de saúde da filha, pois é alérgica a fumaça, mas agora está fazendo o percurso contrário. “Aqui está pior ainda”.

Os moradores fizeram protesto e até cercaram o local para impedir a entrada dos carros coletores de lixo. O morador Magnoflanque Maciel de Sousa revelou que a população está fazendo um abaixo-assinado para reivindicar providências através do Ministério Público.

O outro lado
O prefeito Salvan Mendes (PR) disse que já tem terreno comprado pela prefeitura há 12 anos para retirar o lixo de dentro da cidade, mas o procedimento tem que obedecer as normas ambientais, ou seja, a construção de um aterro sanitário, mas aguarda recursos do Governo Federal para construção.

Fonte: Diário do Sertão com G1

Comentários

Nome

E-mail

Comentário