PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
26 ago 2015

Rendimento do paraibano cai no 2º trimestre de 2015, aponta IBGE


988888888888888888888O rendimento médio real do paraibano caiu de R$ 1.299,28 nos primeiros três meses de 2015 para R$ 1.285,97 no segundo trimestre. O dado é da PNAD Contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta terça-feira (25).

O número, no entanto, é maior que o do mesmo período do ano passado, quando o rendimento médio foi de R$ 1.270,19. A pesquisa leva em consideração o rendimento médio real de todos os trabalhos recebidos por mês pelas pessoas de 14 anos ou mais ocupadas na semana de referência.

Em relação ao índice de desemprego, a Paraíba manteve estável a taxa que mede a desocupação ao longo do primeiro semestre deste ano. O índice do segundo trimestre deste ano, fixado em 9,1%, foi o mesmo do primeiro trimestre. Já a taxa da região Nordeste subiu na passagem do mesmo período de 9,6% para 10,3%, assim como a média nacional, que foi elevada de 7,9% para 8,3%.

Com isso, a Paraíba ficou entre os estados do Nordeste que não tiveram elevação do índice de desocupados neste primeiro semestre de 2015. Os outros foram Maranhão e Piauí. No cenário regional, o Nordeste, além de maior taxa de desemprego, registra também a menor renda entre as regiões (R$ 1.273,57), enquanto o Sudeste a maior (R$ R$ 2.182,68). Na sequência, vêm as regiões Centro-Oeste (R$ 2.137,92) e Sul (R$ 2.037,36).

Comentários

Nome

E-mail

Comentário