PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
12 fev 2019

Record vai reformular telejornal matinal e seguirá tendência usada pela Globo


Sofrendo derrotas constantes para o SBT, a Record vai promover uma reformulação em seu telejornal matinal, o São Paulo no Ar, e seguirá uma tendência já usada pela Globo: a interação com o público.

Em breve, o noticiário matinal da Record contará com uma parte interativa para tornar o programa mais dinâmico, de acordo com uma fonte ouvida pelo TV Foco. A missão ficará a cargo da repórter Camila Busnello, que já realizou a gravação de um piloto no estúdio do jornalismo nesta terça-feira (12).

No SP no Ar, Camila deverá dividir espaço com Bruno Peruka e ficará responsável pela previsão do tempo e a leitura de mensagens dos telespectadores, algo que já vem sendo feito nos telejornais locais da Globo.

Será algo semelhante ao que acontece no concorrente, o Bom Dia São Paulo, onde Gloria Vanique divide espaço com o apresentador Rodrigo Bocardi, falando sobre previsão do tempo e lendo interações com o público por meio das redes sociais.

A reformulação no telejornal vem após a Record trocar seu chefe de jornalismo. Douglas Tavalora, então vice-presidente do departamento, deixou a emissora rumo à CNN Brasil e seu cargo foi ocupado por Antonio Guerreiro, ex-R7.

Atualmente, o São Paulo no Ar é um dos problemas da grade matinal da Record e sofre derrotas consecutivas para o Primeiro Impacto, do SBT. Como consequência, derruba atrações seguintes, como o Fala Brasil e o Hoje em Dia.

 

Fonte: TV Foco

Comentários

Nome

E-mail

Comentário