PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
25 jul 2015

Professores da UFPB mantêm greve, que completa dois meses na segunda


Os professores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiram na manhã desta sexta-feira (24) manter a greve. A paralisação completa dois meses na segunda-feira (27). Os professores e servidores estão de braços cruzados desde os dias 27 e 28 de maio, respectivamente.

Durante a assembleia do Campus de João Pessoa, 137 professores votaram a favor da continuidade, outros oito pelo encerramento da greve. Não houve abstenções. Os professores dos Campi de Areia e Bananeiras também mantiveram a greve. Em Areia, foram 10 presentes na reuião, todos a favor da manutenção. Em Bananeiras, 17 dos 18 professores presentes votaram por continuar a greve.

Segundo a assessoria da Associação do Docentes da UFPB (Adufpb), os servidores também estão reunidos na sede do Sintesp.

No dia 16 deste mês, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) suspendeu o calendário de aulas da universidade durante o período de greve. Com a suspensão, as aulas nos campi da UFPB ficam oficialmente paralisadas enquanto durar a greve.

Os professores iniciaram a greve por tempo indeterminado no dia 28 de maio. A pauta da paralisação é a campanha salarial, em conjunto com os demais servidores públicos federais do Poder Executivo, e questões de caráter mais específico, predominantemente relativas a benefícios, verbas, carreira e condições de trabalho.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário