PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
17 mar 2017

Presidente lamenta situação do Paraíba e fala em possíveis mudanças


Após o empate de 0 a 0 com o Atlético-PB, na quarta-feira, o presidente do Paraíba, Tiko Miudezas, cogita mudanças em sua equipe. Com uma folha mensal de R$100 mil, o dirigente começou a questionar o rendimento do time, que atualmente amarga a lanterna do Campeonato Paraibano, com apenas 10 pontos de 39 disputados.

Tiko evita falar em dispensas e revela que dois atletas do seu plantel já receberam propostas de outras equipes. Para o presidente da Cobra Coral, o jogo contra o Serrano-PB, no domingo, será um divisor de águas. Dependendo do resultado da partida, que será realizada no Estádio Perpetão, possíveis mudanças começaram a ser implantadas.

tiko-miudezas

– São salários altos e a gente pretende conversar e, em comum acordo, chegar a uma conclusão, um acerto final. Não temos condições financeiras de estar com uma folha de R$100 mil e ocupar a última colocação. Após o jogo do domingo, caso haja um resultado negativo, há uma possibilidade de conversar com quem tem grandes salários, para ver o que faremos – confirmou o presidente sertanejo, dando a entender que alguns nomes podem deixar o time.

MUDANÇAS E MAIS MUDANÇAS

Apenas nesta edição do Campeonato Paraibano, o Paraíba de Cajazeiras já passou pelas mãos de quatro treinadores diferentes. A equipe iniciou a competição com Jorge Luís que deixou o cargo após uma derrota para o Serrano-PB no Estádio Amigão. Em seguida, Paulo Sales assumiu o comando do Tricolor, mas permaneceu por apenas 20 dias no clube. De forma interina, o preparador físico Alexandre Duarte esteve à frente da equipe por duas partidas. Alexandre voltou ao seu cargo de origem e deu espaço para Neto Maradona, que comanda a equipe há três rodadas.

Fonte: Globo Esporte – PB

Comentários

Nome

E-mail

Comentário