PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
16 dez 2014

Presidente eleito da FPF, Amadeu fala em adiar o Paraibano


federacao_paraibana_de_futebol_-_posse_131O presidente eleito da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, declarou nesta segunda-feira que vai começar a conversar com os presidentes de todos os clubes da 1ª divisão do Campeonato Paraibano e que seu objetivo é adequar a competição e respeitar o calendário da Confederação Brasileira de Futebol, o que obrigaria adiar o início da competição para fevereiro. Ao menos por ora, a estreia da competição está marcada para 10 de janeiro.

Ele fez críticas à tabela que foi formulada e apresentada pela Junta Administrativa que atualmente está a frente da FPF, falou em “alguns erros” e chegou a dizer que “infelizmente” já está quase tudo pronto, o que impede que mais mudanças sejam realizadas:

– A nossa questão principal quando assumirmos a FPF vai ser organizar o Campeonato Paraibano. Mas, infelizmente, praticamente já está tudo pronto. Eu acredito que houve alguns erros na tabela. A começar pela data, que está fora do calendário proposto pela CBF – declarou.

Ele ponderou, no entanto, que estas mudanças serão restritas, principalmente porque ele só assume a entidade em 1º de janeiro. Em resumo, portanto, ele diz que para a edição de 2015, só as datas do campeonato deverão ser modificadas:

 – Nós temos que adequar o Campeonato Paraibano ao calendário da CBF. Então vamos começar a realizar um trabalho de transição e a partir daí reorganizar toda essa parte do Campeonato Paraibano. Mas como só devo tomar posse no dia 1º de janeiro de 2015, só então poderemos trabalhar nisto. E como o Conselho Arbitral já foi feito, a gente só deve mexer na questão de datas – pontuou.

Amadeu explica que esta mudança visa se adequar à entidade do futebol nacional, para evitar que seu mandato já comece com erros. E disse que isto faz parte também do processo de profissionalização que ele promete instaurar na Federação Paraibana.

– Acho que se não mudarmos as datas, já íamos começar errados, em desacordo com a Confederação Brasileira de Futebol. Isto não pode acontecer – completou.

O futuro presidente prometeu ainda um amplo diálogo com a CBF e disse que quer se encontrar com Marco Polo Del Nero, o futuro presidente na entidade nacional, assim que ele voltar ao Brasil (o presidente da CBF está no Marrocos acompanhando o Mundial de Clubes da Fifa):

– Já conversei com o futuro presidente da CBF, Del Nero, mas ele só volta ao Brasil no dia 6 de janeiro. E nesse dia eu já estarei na porta dele, para tentar uma conversa e ver o que podemos fazer pelo futebol paraibano.

     Fonte: Globo Esporte – PB

Comentários

Nome

E-mail

Comentário