PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
30 abr 2015

Polícia prende seis pessoas e apreende armas no Sertão da Paraíba


201504290711140000005188Uma ação coordenada pela Polícia Civil de Catolé do Rocha em parceria com os Grupos Táticos Especiais – GTE de Sousa e Cajazeiras prendeu, na manhã de ontem, quarta feira (29), seis pessoas por porte de armas e munições. O trabalho foi deflagrado no início da manhã com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão.

As diligências foram feitas com base em uma investigação realizada pelas equipes de inteligência da 18ª Delegacia Seccional da Polícia Civil, com sede no município de Catolé do Rocha. Os alvos da polícia foram encontrados na região de São José. Foi preso em flagrante, na zona rural de São José do Brejo do Cruz, Francisco Mario Saraiva dos Santos, 45 anos. Com ele foram encontrados dois revólveres e 23 munições calibre 38, além de um cartucho calibre 12.

Já os irmãos Francisco Railton da Cruz e Francisco Raildo da Cruz, 48 anos, foram presos no centro da cidade e com eles foram apreendidas uma espingarda calibre 32, munições, cartucheiras, luneta, pólvora e vários uniformes camuflados, usados para ações no mato e noturnas. Em outra rua da mesma cidade, Cosme de Oliveira Regis, 37 anos, foi preso em flagrante por porte ilegal de munições calibre 32.

Já durante as diligências na zona rural, na Fazenda Mulungu, casa do pai dos irmãos Francisco Railton e Francisco Raildo, foi preso Júlio Cesar Garcia dos Santos, 32 anos. Com ele foi encontrada uma espingarda calibre 28. Djavan Pereira Matias, 24 anos, que também mora no local foi encontrado um rifle calibre 44 com numeração raspada de uso exclusivo das forças armadas e uma espingarda calibre 32.

“É importante destacar que para Legislação Penal, a posse de armas, munições e outros artefatos constituem o mesmo delito, podendo ou não ser afiançável. No caso do rifle com numeração raspada, por exemplo, não pode ser arbitrada fiança para a pessoa que estava de posse da arma”, explicou a delegada Seccional, Patrícia Fernandes Forny, responsável pela ação que também teve a participação dos delegados James Cilkeno, Sheldon Andrius e Carlos Seabra.

A ação foi considerada bastante exitosa pelos policiais por ter resultado na prisão em flagrante de seis acusados, nos quatro alvos realizados. “A Polícia Civil da 18ª DSPC, em Catolé do Rocha, vem sofrendo modificações com atenção prioritária da Secretaria da Segurança e da Defesa Social, com a ampliação das equipes de agentes de investigações e delegados. Isto é muito importante no combate ao crime na Região”, concluiu a delegada.

Secom-PB

whatn

Comentários

Nome

E-mail

Comentário