PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
8 dez 2018

Perícia identifica oito dos 14 mortos durante tentativa de assalto a bancos em Milagres, no Ceará; seis são reféns


A Secretaria da Seguraça Pública do Ceará confirmou a identificação de 8 das 14 pessoas mortas após um tiroteio entre policiais e criminosos durante uma tentativa de assalto a dois bancos na cidade de Milagres, interior do estado. Das 14 vítimas do tiroteio, seis eram reféns e outras oito são suspeitos de participação da quadrilha que tentou roubar as agências. Três criminosos foram presos.

A tentativa de roubo aconteceu na madrugada desta sexta-feira (7), no Centro de Milagres. De acordo com a Secretaria de Segurança, durante a tentativa de furto cinco criminosos foram baleados nas proximidades das agências e morreram. Outros dois homens foram atingidos por disparos de arma de fogo e foram encaminhados a unidades de saúde da região, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no hospital. Um oitavo suspeito foi localizado no município de Barro, no interior do Ceará, onde entrou em confronto com policiais militares, e também faleceu.

A quadrilha levou seis pessoas como reféns, de duas famílias, até o centro de Milagres, onde ficam as agências do Banco do Brasil e Bradesco. Durante o confronto policial, os seis reféns foram baleados e morreram. Destas seis, cinco são os membros de uma família de Serra Talhada (PE) e um de uma família natutal de Brejo Santo. Os corpos das cinco pessoas estão sendo sepultados em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

Conforme a polícia local, um bando iria atacar as agências do Bradesco e Banco do Brasil, que ficam vizinhas, no Centro de Milagres. Os criminosos interditaram um trecho da BR-116 que dá acesso à cidade e fizeram duas famílias reféns. Oito pessoas foram levadas como escudo-humano até os bancos, onde houve a troca de tiros.

De acordo com o prefeito de Milagres, Lielson Landim, entre os mortos estão duas crianças, que foram feitas reféns pelo grupo criminoso.

Ainda segundo o prefeito, os reféns foram executados pela quadrilha ao serem abordados pela polícia. Entre as vítimas estão um empresário de Serra Talhada e o filho dele. O empresário João Batista e o filho, Vinícius, saíram de Serra Talhada, de Pernambuco, para pegar familiares no aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará. A cunhada de João Batista, acompanhada do marido, Cícero, e do filho, Gustavo, foram feitos reféns e mortos no tiroteio.

Eles iriam se reunir em Serra Talhada para festejos de fim de ano, de acordo com familiares.

A sexta vítima, Francisca Edenice, havia sido feito refém junto com o pai, e o irmão, Genário. Conforme a polícia, os criminosos liberaram Genário para socorrer o pai dele, que passava mal quando era mantido refém.

A tentativa de roubo aconteceu por volta de 2h17 da madrugada. Houve confronto entre os policiais e os criminosos. Diversos carros da PM foram usados para conter a quadrilha. Devido à ação da Polícia Militar, o grupo criminoso não conseguiu levar o dinheiro de nenhum dos estabelecimentos bancários. Os dois bancos ficam na Rua Presidente Vargas, no Centro do município, que tem 28 mil habitantes.

‘Confio nos policiais’

O titular da secretário André Costa afirmou que “confia no trabalho da polícia”. “É muito difícil você, de longe, fazer um julgamento sobre a ação dos policias lá no meio do tiroteio. Policiais, outras pessoas e cidadãos podem ser alvos dos disparos. Neste momento é muito difícil a gente tá julgando a atuação dos polciais”, pontuou.

André Costa acrescentou que um dos suspeitos presos afirmou que a quadrilha atirou nos reféns. “Um dos criminosos presos acabou dizendo que matou pessoas que estavam no local e não eram da quadrilha. Mas toda informação é insuficiente. Vai acontecer o trabalho da perícia e a investigação. Confio muito no trabalho da nossa polícia”, disse André Costa.

Serviços suspensos

Após o ocorrido, a Prefeitura de Milagres orientou que os moradores da cidade não saíssem mais das residências. Em nota, a prefeitura comunicou que os serviços públicos foram suspensos nesta sexta-feira.

“A medida é tomada em concordância com as orientações do comando da Polícia Militar, que nesse momento conta com o apoio de helicópteros da Ciopaer e um grande efetivo de policiais que estão em diligência no centro e imediações da cidade, na captura de bandidos que empreenderam fuga nesta manhã. A recomendação é que todos permaneçam em suas casas até que a ordem seja restabelecida”, informou.

Fonte: G1 – CE 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário