PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
5 dez 2018

Pelé reprova atitude de Neymar na Copa e fala sobre seu estado de saúde


Aos 78 anos de idade, Pelé ainda é a maior referência do planeta quando o assunto é futebol. Sendo assim, o Rei demonstrou uma certa decepção com Neymar e revelou uma conversa particular com o camisa 10 da Seleção Brasileira, que recebeu fortes críticas após o fracasso na Copa do Mundo da Rússia, sendo acusado de simular faltas em excesso e não render o esperado.

– De vez em quando, troco ideia com o pai dele. Encontro para gravar comerciais. Ficou difícil defender o Neymar por todas essas coisas que ele faz além de jogar futebol. E eu conversei com ele, disse que futebol ele tem. Ele deu azar porque a Seleção não ganhou a Copa e ele ficou marcado. Estive duas vezes com ele na Europa, a gente conversou e eu expliquei isso. “Pô, futebol Deus te deu o dom. O que você fez é que complicou – contou Pelé, em entrevista à Folha de São Paulo.

– A crítica foi injusta à Seleção. Na minha maneira de entender, a equipe não se conhecia tanto assim, não estava tão formada. Tivemos o azar de perder. Se tivesse vencido, tudo passava batido. Isso é coisa do futebol – completou.

Pelé também comentou sobre seu estado de saúde. Após passar por três cirurgias, algo que o tirou da Copa do Mundo de 2018, ele afirmou que está se recuperando, não sente mais dor, porém reconhece que ainda está fraco. O maior jogador da história do futebol ainda revelou que deixará de usar a bengala em duas semanas.

– Estou bem. Fiz três cirurgias nos últimos anos, mas não estou 100%. Não sinto mais dor, sinto mais fraqueza. Eu tinha umas pernas bonitas, olha como estão agora. Operei duas vezes o quadril e uma vez a coluna porque houve desgaste. Também tem o joelho. Até brinquei. Disse que joguei futebol por 30 anos, 25 no Santos e cinco no Cosmos. Deus só mandou a conta agora. Nos 30 anos de futebol não tive contusão. Estou fazendo fisioterapia e em duas semanas vou deixar a bengala – disse o Rei, acrescentando em seguida:

– No próximo Mundial quero ir e assistir, se Deus quiser. Vou pendurar a chuteira para poder ficar em casa e aproveitar a família. Meus filhos estão adultos. Brinquei com o Tite: ‘Se você continuar de treinador da Seleção, a próxima Copa vai ser a última que vou jogar. Depois disso, não me convoca mais’.

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário