PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
3 jan 2015

‘Patrocínio caseiro’ rende ao Palmeiras R$ 10 milhões em 2014


Palmeiras-Sport-Allianz-Parque-FerreiraLANCEPress_LANIMA20141120_0011_56Sem um patrocinador master desde o início de 2013, o Palmeiras costuma estampar na principal área de seu uniforme a marca do Avanti. Durante a gestão de Paulo Nobre, o programa de sócio-torcedor foi uma das principais apostas da diretoria, e rendeu frutos para o clube. Em 2014, foram R$ 10 milhões arrecadados graças ao Avanti, metade dos R$ 20 milhões sonhados pelo Verdão para receber de um patrocinador de seu uniforme.

O programa existe desde junho de 2012, e ganhou destaque nos últimos dois anos. Mesmo com o Verdão brigando para não cair, o número de sócios-torcedores cresceu bastante no fim do ano graças ao Allianz Parque. Os membros do Avanti têm preferência na compra de ingressos, o que incentivou o aumento de adesões, além das promoções em compras, e eventos para a torcida no clube.

Os R$ 10 milhões conquistados representam apenas 5% das receitas do clube, mas servem para impulsionar outros ganhos, como nas bilheteiras. Os dois jogos em sua nova arena, contra Sport e Atlético-PR no fim do Brasileiro, foram feitos praticamente com casa cheia e renderam ao Verdão mais de R$ 5,5 milhões, já descontadas despesas. Ganho com ingressos é um dos fatores que fizeram o clube planejar R$ 230 milhões de receitas em 2015 – junto, também, do acerto com um patrocionador master.

Paulo Nobre já avisou que deverá haver uma reformulação no programa, pois os planos são baseados em setores do Pacaembu, e agora são “novas regras, em um novo mundo”, como explicou o dirigente palmeirense.

Privilegiando os membros do Avanti, a tendência é de que eles comecem a ser dominantes em jogos no reformado Palestra Itália. Durante a última temporada, contando jogos no Allianz Parque e o Pacaembu, cerca de 50% dos espectadores já eram sócios-torcedores.

Com a explosão de associados em 2014, o Verdão é o quinto com mais inscritos no seu programa – são mais de 64 mil pessoas, de acordo com o Movimento por um Futebol Melhor. Apenas três mil inscritos o separam do Cruzeiro, com o terceiro maior programa da categoria. A distância para o “líder” Inter, porém, ainda é larga: o Colorado tem 127 mil sócios.

CRESCIMENTO DO AVANTI ANO A ANO

2012
O Avanti foi lançado em 28 de junho, impulsionado pela boa campanha na Copa do Brasil, e em dois dias conseguiu 6.200 adesões. O time foi campeão, mas depois acabou rebaixado e o programa encerrou aquele ano com 9.500 sócios.

2013
Já sob o comando de Paulo Nobre, o Palmeiras reformulou o programa em agosto para fidelizar mais seu torcedor e tentar aumentar o número de adeptos. O clube acabou aquele ano com 36.200 sócios, pouco abaixo do previsto: 40 mil.

2014
Centenário, nova arena… O ano era promissor para o torcedor, mas em campo o time foi mal. Ainda assim, o clube terminou o ano com 64 mil sócios.

 LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário