PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 fev 2016

Paraíba registra balança comercial negativa no primeiro mês do ano


A Paraíba registrou um déficit de 16,7 milhões de dólares na balança comercial do mês de janeiro de 2016, o que significa que durante o mês as indústrias paraibanas gastaram mais comprando produtos de outros países do que arrecadaram ao vender mercadorias para o exterior.

Conforme dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), durante o primeiro mês do ano, o estado registrou 12,97 milhões de dólares em exportações e 29,72 milhões de dólares em importações.

Apesar da balança comercial negativa, em comparação com janeiro de 2015, houve um crescimento de 31,71% no valor das exportações e uma queda de 42,51% no volume de importações, o que mostra que neste ano houve uma redução no défcit registrado pelo estado, que em janeiro do ano passado foi de 41,8 milhões de dólares.

jf111026_c00102A empresa com maior volume tanto de exportações quanto de importações foi a Alpargatas, que exportou 5,7 milhões de dólares no mês, o que representa 44,08% do total exportado pelo estado. Neste ano, o volume de vendas para outros países registrou uma queda de 23,96%,a comparação com o mesmo mês de 2015, quando a empresa somou 7,5 milhões de dólares em exportações.

Ainda segundo o Mdic, o país que mais comprou produtos paraibanos em janeiro foi a França (3,03 milhões de dólares) e o mais vendeu para a Paraíba foi o Vietnã (8,09 milhões de dólares).

Balanço de 2015

Em 2015, a Paraíba importou um volume em dólares quatro vezes maior do que o que exportou. Enquanto o estado ‘comprou’ mais de 570 milhões de dólares no ano, o volume de exportações foi um pouco abaixo dos 141,6 milhões de dólares no mesmo período.

A diferença negativa entre o volume de dólares que entrou e que saiu passa dos 428,4 milhões de dólares. Apesar do resultado negativo, o quadro foi um pouco melhor que o de 2014, quando a diferença foi de quase 477 milhões de dólares.

Mesmo assim, o volume de exportações de 2015 foi o mais baixo dos últimos 13 anos, sendo melhor apenas que o desempenho entre os anos de 2000 e 2002, período de referência do relatório. Já o volume de importações foi o sexto maior desde 2000. O recorde foi registrado em 2011, quando a Paraíba ‘comprou’ 1 bilhão de dólares.

Ao longo de 2015, o mês com maior registro de exportações foi maio, quando foram movimentados 18 milhões de dólares. Enquanto isso, as importações foram mais concentradas em outubro, com 130 milhões de dólares, mês em que também foi registrada a maior diferença mensal negativa na balança comercial, com 119,7 milhões de dólares.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário