PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
23 nov 2015

Nordestino enfrenta a pior seca dos últimos 50 anos


20151122144035_6170_capaO Nordeste enfrenta a pior seca dos últimos 50 anos. As chuvas estão escassas há quatro anos. Estima-se que houve perda considerável de cabeças de gado nos últimos anos em consequência da seca em praticamente todos os estados do Nordeste.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Piauí (Feapi), Carlos Augusto Carneiro, disse, em entrevista ao Jornal Estado de São Paulo, que cerca de 1 milhão de cabeças de gado foram remanejadas para regiões com pasto e água. “Foram levados da caatinga para o agreste até que as chuvas voltem”, disse o presidente. A situação só se agrava com a permanência da estiagem, falta de pasto, de alimentos e de água na superfície.

Ele acredita que tudo deve mudar até o fim do ano, quando começam as primeiras chuvas na região. Nessa época, volta o verde e o gado, e o agricultor se anima a plantar novamente. Mas o que se espera é a seca verde, quando a vegetação floresce, mas não produz. Essa situação atinge apenas o pequeno produtor e o trabalhador rural, que pratica a agricultura de subsistência.

No Cariri não é diferente, para gado não ficar sem pasto os criadores remanejam o rebanho para locais onde ainda tem água. “A transferência tem de ser feita antes do rebanho estar debilitado”, advertiu. Se isso não for feito, o gado morre no percurso.

O presidente da Feapi disse que o rebanho pereceu diante da fome e sede por causa da estiagem que castiga o Estado. “Precisamos de pelo menos cinco anos para recuperar as perdas, se tivermos uma boa política de incentivos do governo”, declarou.

Os criadores ainda acreditam numa parceria do Estado com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) para a construção de pequenas barragens no leito de rios e riachos perenes. Dessa forma, eles podem servir para irrigação e abastecer os animais. O problema é que atualmente, além do gado, estão morrendo caprinos e ovinos, animais mais resistentes à seca.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário