PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 nov 2017

Neymar desmente problemas no PSG, é defendido por Tite e se emociona


Logo no início da entrevista coletiva, após a vitória da Seleção Brasileira em amistoso sobre o Japão, por 3 a 1, em Lille (FRA), um emocionado Neymar teve que responder a respeito de notícias envolvendo o seu nome e do técnico do Paris Saint-Germain, Unai Emery, circuladas recentemente. Ele chegou a ir a lágrimas ao se retirar.

Mesmo não estando previsto, Neymar se direcionou ao microfone para se posicionar sobre o ambiente no PSG. O craque deixou claro que não há problema algum com Emery, nem com Cavani e fez um apelo: para que parassem de “inventar historinhas”.

– Quanto a números lá, estão perfeitos. Estou muito feliz e motivado no PSG, mas notícias e historinhas veiculados têm me incomodado. Estão inventando um monte de história… Não tenho problema algum com Cavani ou com o técnico, que foi quem deu aval para a minha chegada – comentou o camisa 10.

– Vim a Paris só para ajudar e ser feliz, sem incomodar ninguém e muito menos causar confusão. Sei da minha importância e papel na equipe (parisiense), mas estou incomodado. Peço que parem com as besteiras – completou o astro.

De pênalti, marcado após análise do VAR (árbitro de vídeo, em inglês), Neymar ratificou Japão como sua maior vítima. O atacante marcou o seu 53º gol pela Seleção Brasileira, oito deles contra os japoneses. O número poderia ter sido ampliado, inclusive, se não fosse um pênalti desperdiçado por ele – o segundo.

– Fiz um, mas perdi outro. Só perde quem bate (risos). O importante é que a gente sente a confiança e a evolução no time, acreditamos muito no Tite. Buscamos seguir tudo que ele passa, e daí emana o poder desse time. Estamos preparados para todos os jogos – analisou.

– Estou aqui para aprender todos os dias. Tenho 25 anos, já errei e vou errar muito ainda. Não sou perfeito, mas estou muito feliz – finalizou, pouco antes de sair muito emocionado.

TITE DEFENDE NEYMAR

Ao lado de Neymar para a coletiva, o técnico Tite fez questão de defender o camisa 10. O técnico citou o “caráter dele, da grandeza dele no vestiário”.

– Estamos há um ano e meio trabalhando juntos. Nós enfrentamos de forma muito forte em equipes e sempre fomos muitos leais. Cansei de ouvir que “o Tite tinha problema com o Neymar”. E posso falar de cadeira do caráter dele, da grandeza dele no vestiário. Mas não devemos questionar a índole. Posso falar do caráter, da índole e do grande coração que o Neymar tem – disse.

Neymar e a Seleção Brasileira voltam a campo nesta terça-feira, quando a equipe canarinha encara a Inglaterra, em Londres, às 18h (de Brasília). O jogo será no Wembley e o último de 2017, uma ótima oportunidade para esquentar ainda mais os motores visando a Copa do Mundo de 2018.

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário