PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
12 jan 2016

Na maior fuga da história do RN, 46 escapam de cadeia na grande Natal


A maior fuga no sistema prisional do Rio Grande do Norte foi registrada na manhã desta terça-feira (12). A informação foi confirmada pela direção da Cadeia Pública de Natal. De acordo com a diretora Dinorá Simas, 46 detentos escaparam da unidade durante a madrugada. Eles usaram um túnel. Sete já foram recapturados pela Polícia Militar.

Ainda de acordo com Dinorá, a unidade tem capacidade para 216 detentos, mas atualmente mantinha 430. A Cadeia Pública de Natal foi parcialmente interditada em julho do ano passado. A decisão foi do juiz Henrique Baltazar, titular da vara de Execuções Penais da capital potiguar. Segundo o magistrado, a superlotação e a falta de segurança motivaram a medida.presos_p9kHLUR

A fuga aconteceu por volta das 2h30. Os presos escavaram um túnel que se estendeu até o Complexo Penal João Chaves, que fica ao lado da cadeia. Os detentos escaparam por lá. “O guariteiro percebeu a ação, mas vários homens já estavam fora da unidade”, informou Dinorá.

Os detentos recapturados são: Carlos Eduardo da Fonseca, Francimário Pereira da Costa, Heverson Carlos de Souza, Leandro Carlos Antunes ou Leandro Silva Ferreira, Maicon dos Santos Teixeira, Rafael da Rocha Silva e Ronaldo da Silva. A Cadeia Pública de Natal fica na Zona Norte da capital potiguar.

Sistema em calamidade

cadeia

O sistema penitenciário potiguar está em calamidade pública desde o dia 17 de março de 2015, após uma onda de rebeliões que atingiu pelo menos 14 das 33 unidades prisionais do estado. O decreto, renovado em setembro, tem validade até março deste ano.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), já foram gastos mais de R$ 7 milhões nas reformas das unidades depredadas. A secretaria reconhece que o sistema penitenciário do RN é ultrapassado e precisa de uma modernização com mais eficiência e tecnologia nos processos.

Grandes fugas

Até então, a maior fuga do sistema carcerário potiguar havia ocorrido no dia 20 de janeiro de 2012. Na ocasião, 41 presos pularam o muro do Pavilhão 5 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do estado. No ano seguinte, o pavilhão foi transformado no Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga.

alcacuz
Em 2015, outras duas grandes fugas foram registradas em Alcaçuz. Na madrugada do dia 6 de abril, 32 detentos escaparam. Já no dia 22 de abril, 35 presos também fugiram por um túnel.

A Penitenciária de Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

G1 – RN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário