PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
2 fev 2019

Na base da conversa, defesa do Fla busca ajustes e primeiro ‘jogo zerado’


Os gols sofridos pelo Flamengo nas rodadas iniciais do Campeonato Carioca ligaram o sinal de alerta no elenco rubro-negro, em especial quanto às bolas aéreas. A equipe, que saiu atrás do placar em três das quatro rodada da Taça Guanabara, foi vazada nos quatro jogos, mas, internamente, a avaliação é de que o setor está evoluindo.

Com o rodízio implementado por Abel Braga, os defensores têm procurado ajustar alguns detalhes na base da conversa. Os treinos no Ninho do Urubu, de acordo com Rodrigo Caio, estão ajudando o time a evoluir. Porém, o camisa 3 destacou que não sofrer gols não é o mais importante, e, sim, vencer os jogos.

– Foi uma evolução nossa. Vamos falando um com o outro, se orientando. Bola parada é muito questão de atenção – afirmou Rodrigo Caio, antes de completar:

– A conversa com os companheiros pode evitar muitas bolas que o adversário poderia ganhar. Espero que no decorrer dos jogos possamos evitar os gols, mas não podemos ficar nos martirizando. O mais importante é vencer os jogos.

Em 2018, a defesa do Flamengo teve bons números. Depois de passar a fase de grupos da Taça Guanabara sem ser vazado, o Rubro-Negro terminou o Estadual com a melhor defesa: foram oito gols sofridos em 15 partidas. Já no Brasileirão, o time da Gávea – comandado por Maurício Barbieri e, depois, por Dorival Júnior – sofreu 29 gols. Apenas o campeão Palmeiras (26) e o Grêmio (27), quarto colocado, foram melhores no quesito.

Um dos principais nomes do sistema defensivo do Flamengo em 2018 deixou a Gávea na virada do ano: o zagueiro e capitão Réver, que voltou ao Atlético-MG.

Atualmente, Abel Braga tem à disposição os seguintes zagueiros: Rodrigo Caio, Rhodolfo, Léo Duarte, Thuler e Matheus Dantas. A direção monitora o mercado e a chegada de mais um defensor não é descartada. Em janeiro, o clube tentou as contratações de Dedé, do Cruzeiro, e Miranda, da Inter de Milão, da Itália.

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário