PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
1 nov 2018

Mulher que foi presa por ofender polícia em rede social recebe solidariedade


Na manhã de hoje, na condição de membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB Subseção de Patos, Dr. Joelmy Dantas (Presidente) e José Corsino Peixoto Neto, participaram do ato em solidariedade a trabalhadora do SINTEP Francisca, que fora injustamente presa por policiais militares na última segunda-feira na cidade de Patos.

Em sua rede social (Instagram), a professora Francisca, usando do seu direito à liberdade de expressão, fez menção a existência de “maus policiais que, inclusive, cometem crimes”, mas sem citar nomes e nem tampouco mencionar a categoria policial em si.

Instantes depois da postagem a professora foi presa e levada à delegacia, aonde prestou depoimento e foi autuada pelo crime de injúria (art. 140, CP). Ocorre que tecer comentários a uma instituição não é crime, sendo a conduta praticada pela profissional do sindicato um fato atípico, próprio da Liberdade de Expressão.

Em tempos de acirramento de ânimos na sociedade, esse é um fato grave! Também participou do evento, além da Comissão de Direitos Humanos, a representação da OAB mulher, que simbolicamente entregou uma rosa a cidadã vítima.

Fonte: Mais Patos

Comentários

Nome

E-mail

Comentário