PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 out 2017

Messi faz hat-trick e coloca Argentina no Mundial de 2018


Se o gênio e a Copa do Mundo nasceram para caminharem juntos, Lionel Messi impediu que tal inacreditável separação pudesse se concretizar nesta terça-feira. Da pressão de ficar da Copa do Mundo depois de 48 anos ao deleite com a classificação com direito a uma atuação de gala de um dos maiores da história. Lionel Messi e Argentina estarão na Rússia em 2018. E como cabeças de chave.

Com três gols do camisa 10 – a primeira vez que conseguiu tal marca em um jogo oficial por seu país -, a seleção alviceleste venceu o Equador por 3 a 1, fora de casa e de virada, pela última rodada da eliminatória sul-americana. Romario Ibarra havia aberto o placar no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, com menos de 40 segundos de bola rolando.

O resultado deixa os comandos de Jorge Sampaoli com 28 pontos, encerrando na terceira colocação. Dessa forma, o país duas vezes campeão do mundo segue com sua sequência ininterrupta de participação em Mundiais desde 1974. Só não disputou as edições de 1938, 1950, 1954 e 1970.

Já os equatorianos, que entraram em campo eliminados e que tinham participado de três dos últimos quatro Mundiais, fecham no oitavo lugar, com 20 pontos.

Quanto ao protagonista do jogo de vida ou morte para os argentinos, Messi voltou a marcar na eliminatória sul-americana depois de ter passado em branco nos seus últimos três jogos, contra Uruguai, Brasil e Chile. Além disso, o camisa 10 tornou-se o primeiro na história a alcançar duas dezenas de gols no histórico da eliminatória e ainda chegou a 21 gols. O curioso é que, minutos depois dele, Luis Suárez também chegou à marca de 21 tentos.

 

 

Sendo desclassificada e com uma pressão cada vez maior sobre suas costas, a seleção de Jorge Sampaoli precisava de seu baluarte. E ele não fugiu da missão. Messi tabelou com Di María, recebeu livre na área e bateu de primeira para empatar o jogo aos 11min.

A Argentina precisava e queria mais. Sem problemas, o capitão chamou a responsabilidade. Aos 15min, ele arrancou e parou em Banguera. Quatro minutos depois, foi à rede. Na vontade, Messi ganhou dividida com Aimar, invadiu a área e soltou a pancada no alto, sem chances para Banguera.

Mais tranquila, a equipe visitante diminuiu o ritmo, mas ainda quase fez o terceiro aos 32min. Messi deu belo passe para Di María, que viu Banguera realizar a intervenção.

 

 

Na volta do intervalo, os argentinos seguiam sem demonstrar o ímpeto apresentado logo depois de saírem atrás no placar. Os mandantes ofereciam pouco risco e ainda acabaram castigados mais um tanto por Messi.  Aos 16min, o craque foi acionado no campo de ataque, avançou, percebeu Banguera adiantado e chutou com categoria para o fundo da rede.

Adeus, pressão e crise. Olá, Copa do Mundo.

FICHA TÉCNICA
EQUADOR 1 X 3 ARGENTINA

Local: Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador) Data: 10 de outubro de 2017 (Terça-feira) Horário: 20h30(de Brasília) Árbitro: Anderson Darronco (Brasil)Assistentes: Alessandro Rocha (Brasil) e Fabrício Vilarinho (Brasil) Cartões amarelos: EQUADOR: Cevallos. ARGENTINA: Acuña, Biglia, Mascherano

GOLS:
EQUADOR: 
Romario Ibarra, a 1 minuto do 1T
ARGENTINA: Lionel Messi, aos 11 e aos 19 minutos do 1T, e aos 16 minutos do 2T.

EQUADOR: Máximo Banguera, Pablo Velasco, Robert Arboleda, Darío Aimar e Cristian Ramírez; Orejuela, José Cevallos (Valencia), Jefferson Intriago (Uchuari), Ibarra e Romario Ibarra e Anderson Ordoñez (Estrada). Técnico: Jorge Célico

ARGENTINA: Sergio Romero, Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi e Javier Mascherano; Eduardo Salvio (Fazio), Lucas Biglia, Enzo Pérez e Marcos Acuña; Lionel Messi, Ángel Di María (Paredes) e Darío Benedetto (Icardi) Técnico: Jorge Sampaoli

 

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário