PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
5 jan 2019

Mercado exige paciência do Flamengo na busca por lateral


Na busca por reforços para as laterais, a diretoria do Flamengo terá de ter algo além do montante financeiro: paciência. Até o momento, a procura não tem sido fácil pelos mais variados motivos e um novo nome para o setor ainda não chegou à Gávea. Além das dificuldades impostas pelo próprio mercado, o clube tem busca nomes que chegariam para ser titulares, mas que prometem não ter negociações fáceis.

Rafinha, a mais nova investida do Rubro-Negro, não seria uma novidade imediata, uma vez que tem contrato até o meio do ano com o Bayern de Munique, da Alemanha, e, só a partir daí, ficaria livre no mercado, facilitando um acerto.

Um outro nome que recebeu contato do Flamengo foi Rafael, cria das categorias de base do Fluminense e atualmente no Lyon, da França, mas ele recusou a oferta, apesar de ter considerado boa.

Houve uma pesquisa em torno de Dodô, que pertence ao Sampdoria, da Itália, e estava no Santos, mas a pedida salarial esfriou o interesse. Além disso, swegundo a imprensa turca, houve contato por Mariano, do Galatasaray, mas os valores pedidos pelo clube europeu para liberar o jogador atrapalharam um avanço nas tratativas.

Marcos Rocha, que estava no Palmeiras por empréstimo do Atlético-MG, chegou a ser oferecido, mas as partes não chegaram a abrir negociações.

Desta forma, o Rubro-Negro inicia a temporada com os mesmos nomes da anterior: Pará, Rodinei, Renê e Trauco. Ainda assim, há algumas incógnitas. Trauco recebeu investidas do San Lorenzo, da Argentina, e, apesar de elogios de Abel Braga, pode deixar o clube em breve. Já Pará, pode dar adeus rumo à Arábia.

Por outro, Renê foi eleito um dos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro e ganhou destaque junto à comissão técnica.

No ano passado, a diretoria, então encabeçada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello, também enfrentou dificuldades parecidas. À época, o alvo era o lateral-esquerdo Zeca que, posteriormente, acabou indo para o Internacional. Adriano, ex-Barcelona, também foi sondado.

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário