PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
11 nov 2016

Massa pede cautela, mas sonha com pódio no adeus: ‘Tem que acreditar’


O brasileiro Felipe Massa terminou o segundo treino livre do GP do Brasil na quarta colocação, na tarde desta sexta-feira, e reacendeu na torcida presente ao Autódromo de Interlagos a esperança de um pódio naquela que será sua última corrida em São Paulo pela Fórmula 1. Contente com o resultado obtido, mesmo novamente atrás do companheiro Valtteri Bottas, Massa manteve a cautela ao responder sobre a festa já armada pela torcida.

“Estou torcendo para um bom resultado domingo, cara, para falar a verdade é o que eu estou torcendo. Espero que a gente consiga fazer um bom fim de semana, obtenha um bom resultado pelas condições que a gente tem no momento”, disse, alternando sempre entre as ressalvas devido ao mau desempenho recente da Williams e a euforia pela competitividade demonstrada nas pistas paulistanas.

“Não sei, acho difícil. É o mesmo carro das últimas corridas e a gente estava atrás, então não vai ser fácil estar na frente das equipes. Nossa briga é com a Force India, vamos torcer para levar a melhor. Claro que tem que acreditar até o final, sabemos que não é fácil, principalmente para o carro que a gente tem hoje em dia. Só que, às vezes, as coisas acontecem para o lado positivo, então vamos acreditar até o fim”, ponderou.622_9dcfdea0-c62b-313e-9a75-bfd40527840d

Mostrando bastante desenvoltura e simpatia para lidar com os presentes, fazendo questão de performar uma brincadeira com os jornalistas a cada resposta, Massa explicou que os pilotos foram surpreendidos por zebras menores no traçado deste ano, além da sujeira comum dos primeiros dias de corrida.

“A pista estava meio suja, vinha melhorando a cada momento, tinha mais mudanças nas zebras e ninguém sabia, ninguém tinha sido informado. Nas primeiras voltas a gente viu que a zebra era menor do que ela vinha sendo ultimamente. Foi uma mudança não muito grande, mas foi uma mudança. Estava rápido, comparado com o ano passado, acho que foi um bom dia para a gente”, analisou o brasileiro.

Ciente da possibilidade de chuva, que ameaçou cair durante boa parte da tarde em Interlagos, mas não apareceu, Massa assegurou que não vai mudar sua estratégia em decorrência de pista seca ou molhada. Para ele, a classificação também tende a ser bastante rápida, com a maioria dos pilotos optando pelo pneu macio.

“O pneu macio é o mais rápido, né, acho que todo mundo vai usar eles na classificação. O médio é mais lento, mas dura mais. O duro acho que ninguém vai usar, não. Tem que tentar entender direito a pista e trabalhar para o carro ser competitivo”, encerrou o piloto.

Fonte: ESPN

Comentários