PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
15 out 2015

Marcelo Rezende anuncia como exclusiva matéria com microfone da Rede TV!


os-atores-hikaru-kurosaki-e-kyomi-tsukada-em-foto-da-serie-jaspion-1444854862537_300x200Dia desses, aqui se falou dos malefícios que o inadequado uso do teleprompter tem causado ao Roberto Justus na “Fazenda”. Toda a liberdade do apresentador, aquilo que ele pode ter de melhor, como espontaneidade e improviso, são desprezados e trocados pela dureza de um texto, escrito por um alguém qualquer em outro momento nada parecido com aquele.

Prejuízos bem parecidos são observados por aqueles que se veem obrigados a usar os tais fones de ouvidos, principalmente em programas jornalísticos.

Há necessidade de prover quem está no ar com informações precisas, bem pontuais, o que não significa buzinar o tempo todo no ouvido de ninguém e muito menos passar situações que não correspondam. E foi exatamente isso que fizeram com o Marcelo Rezende, no “Cidade Alerta” de terça-feira (13), levando-o a anunciar como exclusivas as imagens da prisão do suposto assassino de uma secretária.

No ar, no momento da exibição da matéria na Record, se constatou que só o microfone azulão da Rede TV! aparecia na frente do indivíduo. Não existia, portanto, exclusividade nenhuma. Venderam o Marcelo.

Confusão

Hoje em dia existe uma grande confusão no jornalismo,  principalmente de TV. É necessário esclarecer que notícia não tem dono, como também não é mercadoria, que precisa ser vendida.

Existem outros meios muito mais salutares, e mais honestos, para se atingir o público alvo.

Voltando ao começo…

E ao caso do Marcelo Rezende, é fácil entender o que aconteceu. A Rede TV! também tinha o material, só que provavelmente dormiu no ponto.

A Record, isto sim, com toda certeza, colocou no ar antes que ela. Daí a confusão do exclusivo e do primeira mão.

E também é o tal negócio: hoje em dia, não existe mais notícia com hora marcada.

UOL

Comentários

Nome

E-mail

Comentário