PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
1 dez 2014

Mais de R$ 12 milhões em drogas apreendidas no Ceará até outubro


20141201073015_capaEm 10 meses, o crime organizado sofreu um prejuízo de R$ 12.665.736. O impacto foi causado por ações das Polícias Civil e Militar no Estado do Ceará. Ao todo, as duas forças estaduais apreenderam, de janeiro a outubro deste ano, quase duas toneladas de drogas, entre maconha, crack e cocaína.

Os dados da quantidade de drogas capturadas no Estado foram fornecidos pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Fontes ligadas à pasta, que pediram para não serem identificadas, forneceram os valores aproximados de cada entorpecente para, de maneira ilustrativa, se ter uma ideia do tamanho do prejuízo causado ao tráfico de drogas no Ceará.

A reportagem apurou que, em média, o quilo da maconha custa R$ 1.200 no Ceará. Já o crack é negociado por R$ 10 mil. A cocaína chega a ser vendida por R$ 21 mil no mercado ilegal.

Segundo os dados da SSPDS, foram apreendidos de janeiro a outubro 462,10 quilos de cocaína, 139,80 quilos de crack e 1.303,03 quilos de maconha em todo o Estado, totalizando 1.904,93 quilos. Desta forma, seriam aproximadamente R$ 9.704.100 em cocaína, R$ 1.398.000 em crack e R$ 1.563.636 em maconha.

Os números apresentados pela Secretaria, contudo, não englobam as apreensões do mês de novembro, visto que os dados ainda não foram fechados. Por isso, a maior apreensão da história da Polícia Civil no Estado, realizada no começo do mês de novembro, não entrou na conta. Naquela ocasião, mais de duas toneladas de maconha foram apreendidas no bairro Dias Macêdo, em Fortaleza.

A maior contribuição na apreensão de cocaína veio da Área Integrada de Segurança (AIS) 10, que engloba cidades como Aracati, Beberibe, Tabuleiro do Norte, São João do Jaguaribe, dentre outras. Naquela AIS, foram apreendidos 207,84 quilos até outubro.

O Interior do Estado somou 249,60 quilos da droga apreendidos. Em toda Fortaleza, por exemplo, foram 140,33 quilos de cocaína capturados. A Região Metropolitana contribuiu com a apreensão de 69,23 quilos do mesmo entorpecente.

Crack e maconha

Já a AIS 12, que é composta por cidades como Sobral, Ubajara, Massapê, dentre outras, teve a maior contribuição nos 10 meses em apreensão de crack. Naquela Área, foram capturados 20,73 quilos da droga. Todo o Interior do Ceará somou 47,52 quilos apreendidos.

Em Fortaleza, 48,88 quilos foram capturados pelas Polícias Civil e Militar de janeiro a outubro. No mesmo período, foram 43,22 quilos da droga tomados pelos agentes estaduais.

Em apreensão de maconha, os maiores números estão na Capital. A AIS 4, composta por bairros como Messejana, Barroso, Dias Macêdo, Aerolândia, Parque Iracema, dentre outros, registrou a apreensão de 354,84 quilos do entorpecente de janeiro a outubro deste ano.

Em toda Fortaleza, foram 739,40 quilos apreendidos. Já na Região Metropolitana, foram 245,28 quilos. No Interior a Polícia tomou das mãos dos traficantes 317,75 quilos de maconha.

Em 2013, até o mês de outubro, a SSPDS havia registrado a apreensão de 118,52 quilos de cocaína, quantidade quase quatro vezes inferior à capturada neste ano. Já o crack teve baixa de 119,39 quilos, próximo do volume de 2014. Já em relação à maconha, foram 2701,43 quilos apreendidos, mais que o dobro apreendido neste ano.

PF

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Federal para também obter os dados daquele órgão. Entretanto, até o fechamento desta edição, as ligações não foram retornadas e a demanda não foi respondida.

A última informação oficial da PF, fornecida em julho, apontava para “mais de três toneladas de drogas apreendidas no Estado”. Soma-se a isto, pelo menos, mais duas toneladas apreendidas em um caminhão baú que foi apreendido próximo ao viaduto do bairro Messejana, na Capital. Em agosto, outro caminhão foi interceptado em Chorozinho, com mais de uma tonelada de maconha em um fundo falso do veículo.

Fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Nome

E-mail

Comentário