PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
28 jul 2017

Liga Espanhola vai denunciar PSG por não cumprir fair-play financeiro


A LaLiga, que organiza o Campeonato Espanhol, pretende acionar o Paris Saint-Germain por não respeitas as regras do fair-play financeiro.

O presidente da entidade, Javier Tebas, confirmou ao jornal Mundo Deportivo que irá encaminhar o caso do PSG à Uefa após a operação montada pelos franceses para tirar Neymar do Barcelona. Eles estão dispostos a desembolsar de 222 milhões de euros para pagar a multa rescisória do craque brasileiro e, assim, tirá-lo do Camp Nou. A novela se arrasta há mais de 15 dias e deve ter o seu desfecho em breve.

Para Tebas, não se trata de uma defesa específica do Barça.

Segundo ele, o problema pode se repetir mais adiante com outros representantes locais.

622_2d978ec4-475a-350c-9ac4-3768d7e565ee

“Faremos (a denúncia) porque (o PSG) infringe as normas de fair-play financeira da Uefa e as normas de competência da União Europeia. Vamos denunciar na Uefa e, se não fizerem caso, levaremos aos tribunais suíços competentes e em Bruxelas e não descartamos os próprios tribunais de França e Espanha”, afirmou o cartola, durante voo para Miami.

Ele acompanhará o clássico entre Barcelona e Real Madrid neste sábado.

Segundo o mandatário, os catalães não têm qualquer participação em sua decisão.

Em entrevista ao comentarista dos canais ESPN, Leonardo Bertozzi, o especialista em negócios do futebol, Giovanni Armanini, deixou claro que a transferência de Neymar não significa necessariamente que o PSG romperá as regras do fair-play.

“O FPF não coloca nenhum teto no que você pode desembolsar em contratações”, afirma Armanini. “O que ele limita é o gasto com salários, que tem de ser equivalente a no máximo 70 por cento do que o clube arrecada. O PSG na última temporada gastou 54%, tem muita margem, considerando ainda que o faturamento deve aumentar. Já o Barcelona está no limite, ainda por cima depois de renovar com Messi”.

A regra da Uefa determina que o clube não pode acumular um prejuízo superior a 30 milhões de euros num espaço de três anos. “O PSG fechou a última temporada com 10 milhões de lucro. Em tese ainda poderiam perder 40 milhões. Se tiverem 10 milhões de lucro novamente, poderiam perder até 50 milhões na outra”, justifica o especialista.

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário