PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
17 abr 2015

Líder de facção e procurado pelo FBI são transferidos para Presídio Federal de Mossoró


9989889899999999999999Polícia Federal do Rio Grande do Norte montou uma operação na manhã desta quinta-feira,16, para transferir do presídio de Alcaçuz, em Nízia Floresta, para o Presídio Federal de Mossoró, um norte americano condenado a 1.770 anos de prisão e um amazonense condenado a mais de 120 anos de prisão.

Este último, é membro do Comando Vermelho e fundador da facção criminosa Família do Norte (FDN). Está entre os homens mais temidos do Brasil. O americano é nada mais nada menos do que o décimo quinto mais procurado do mundo, segundo o cadastro da Interpol.

A Polícia Federal não divulgou os nomes dos presos por questões de segurança, apenas as idades. O norte americano tem 53 anos, e o amazonense tem 41 anos.

O MOSSORO HOJE conseguiu a informação que os presos são: Gelson Lima Carnaúba, do Amazonas, e Vitor Arden Bernard, dos Estados Unidos da América. O primeiro tem mais de 120 anos de prisão para cumprir e o segundo é condenado a 1.770 anos de prisão pro crimes sexuais.

A transferência foi solicitada pela Justiça Estadual do Rio Grande do Norte considerando a periculosidade dos dois, e o fato deles terem participado dos motins em 16 presídios dos 34 existentes no Rio Grande do Norte. O brasileiro teria ordenado os motins.

O americano aguarda transferência pelo FBI para o seu estado de origem. Essa transferência quem autoriza é o Supremo Tribunal Federal (STF).

O amazonense é ainda mais perigoso. Ele liderou uma rebelião sangrenta em 2002 no presídio de Manaus, onde foram mortas 12 detentos e um agente penitenciário.

Após esta rebelião, este preso foi transferido para o presídio federal de Catanduvas/PR. Com um certo tempo, foi devolvido ao Complexo Penal Anísio Jubim, em Manaus, de onde fugiu por um túnel.

Tempos depois, precisamente em 8 de janeiro de 2015, o amazonense foi preso ao desembarcar com nome falso no Aeroporto Internacional Aluísio Alves de São Gonçalo do Amarante.

No Presídio Federal de Mossoró, os dois inicialmente vão passar por um período de adaptação, isolados dos demais. Em seguida serão destinados para celas individuais e o acesso a advogado ou parente será rigorosamente controlado.

O brasileiro vai permanecer em Mossoró por período minimo de 1 ano e americano até o STF determinar sua extradição para os Estados Unidos, onde vai responder pelos 59 crimes de estupros.

f_191

Victor Arden Barnad – Acusado de 59 crimes sexuais nos Estados Unidos. O mesmo é considerado um dos homens mais procurados do mundo pela Interpol.

f_192

Gelson Lima Carnaúba – Condenado a 120 anos de prisão por liderar a chacina no presídio de Manaus, em 2002, onde foram mortos 12 detentos e um agente penitenciário.

Mossoro hoje

 

whatn

Comentários

Nome

E-mail

Comentário