PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
31 mar 2019

Leclerc tem problema no final e Mercedes faz nova dobradinha com Hamilton no Bahrein


Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio do Bahrein em nova dobradinha da Mercedes, depois que a SF90 de Charles Leclerc teve problemas no motor durante os estágios finais da movimentada corrida em Sakhir.

Leclerc liderou boa parte da corrida, mesmo tendo perdido a posição para seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, após a largada, enquanto Valtteri Bottas aproveitava a tentativa do monegasco em recuperar a posição para assumir a P2 – caindo para a quarta posição algumas voltas depois, com Hamilton e Leclerc fazendo subindo para P3 e P2, respectivamente, ainda na terceira volta.

O estreante da Ferrari então se recuperou e assumiu a liderança de Vettel na volta 6, para tranquilamente liderar a corrida. A diferença para o segundo colocado era de quase 10 segundos antes de, na volta 46 das 57 previstas para o Bahrein, Leclerc dizer pelo rádio que havia algum problema com seu motor.

Hamilton era o terceiro colocado quando fez sua parada na volta 14, optando pelos pneus macios. A Ferrari deu o troco e chamou Vettel para os boxes, mas ao contrário da Mercedes, optou pelo composto médio no carro do alemão.

O inglês da Mercedes voltou à frente de Vettel após as paradas, e chegou a se aproximar do líder Leclerc antes de sofrer com a forte degradação dos pneus, tradicional para a corrida no Bahrein, para ser atacado por Vettel.

Na volta 23, o alemão colocou de lado e passou Hamilton. O ritmo de Vettel era visivelmente superior e a vantagem chegou perto dos três segundos, antes do inglês voltar a se aproximar e fazer sua segunda parada na volta 35, colocando obrigatoriamente os pneus médios.

Novamente a Ferrari respondeu e chamou Vettel para os boxes uma volta depois mantendo sua posição.

Hamilton então travou uma disputa roda a roda com Vettel para assumir a segunda posição na volta 38. Na disputa, Vettel acabou rodando sozinho na saída da Curva 4 danificando completamente seus pneus, com as vibrações sua asa dianteira foi destroçada enquanto ele voltava para os boxes.

Vettel terminou na P5, e Leclerc acabou garantindo o terceiro lugar quando um Safety Car foi acionado na volta 55, após o duplo abandono da Renault, com Niko Hulkenberg e Daniel Ricciardo parando na Curva 1 com problemas no R.S.19.

Vettel terminou na P5, e Leclerc acabou garantindo o terceiro lugar quando um Safety Car foi acionado na volta 55, após o duplo abandono da Renault, com Niko Hulkenberg e Daniel Ricciardo parando na Curva 1 com problemas no R.S.19.

Lando Norris foi o sexto colocado, registrando o melhor resultado da McLaren desde o Grande Prêmio da Austrália da temporada passada. O novato travou um duelo com o experiente Kimi Raikkonen durante a corrida, mas conseguiu segurar o finlandês da Alfa Romeo para garantir seus primeiros pontos com a equipe de Woking.

Raikkonen recebeu a quadriculada na P7, enquanto Pierre Gasly, que largou na P12 depois de uma qualificação ruim, levou seus primeiros pontos para a Red Bull, cruzando a linha no oitavo lugar depois da P11 na Austrália.

Alexander Albon foi outro estreante que conquistou seus primeiros pontos na F1, terminando na nona posição depois de uma boa exibição no Bahrein. A Racing Point fechou a zona de pontuação com Sergio Perez, enquanto seu companheiro de equipe, Lance Stroll, terminou na em 14º.

Coincidentemente impulsionado pela Renault, a MCL34 de Carlos Sainz teve seu segundo problema no motor – ao mesmo tempo que as duas Renault abandonavam a corrida no Bahrein – depois de abandonar a corrida na Austrália com problemas de PU, e foi chamado pela McLaren para os boxes, novamente não completando a corrida e preocupando a fabricante francesa.

Outro que teve o segundo abandono consecutivo foi Romain Grosjean, da Haas. Com uma roda solta após a parada na Austrália tirando o francês da corrida, Grosjean teve danos em sua VF-19 após a colisão com Stroll na primeira volta e voltou aos boxes algumas voltas depois.

A Fórmula 1 retorna no dia 11 de abril com o primeiro treino livre para o Grande Prêmio da China, que marca a 1000ª corrida na história da Fórmula 1, às 23h00 (horário de Brasília). A F1Mania trará a cobertura AO VIVO e em TEMPO REAL de toda a programação da F1 em Xangai.

Confira o resultado final do Grande Prêmio do Bahrein:

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Valtteri Bottas (Mercedes)
3) Charles Leclerc (Ferrari)
4) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
5) Sebastian Vettel (Ferrari)
6) Lando Norris (McLaren/Renault)
7) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
8) Pierre Gasly (Red Bull/Honda)
9) Alexander Albon (Toro Rosso/Honda)
10) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
11) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
12) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
13) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
14) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
15) George Russell (Williams/Mercedes)
16) Robert Kubica (Williams/Mercedes)
17) Nico Hülkenberg (Renault)
18) Daniel Ricciardo (Renault)
19) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
20) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário