PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
18 abr 2017

IBGE abre processos seletivos para 688 vagas para o estado da Paraíba


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) destinou 688 vagas para a Paraíba nos dois processos seletivos para o preenchimento de vagas temporárias destinadas ao Censo Agropecuário. O edital do primeiro processo seletivo foi divulgado na última segunda-feira (10) e o próximo será divulgado na próxima quinta-feira (20). As vagas são para os níveis médio e superior. As remunerações variam de R$ 1.600,00 a R$ 4.000,00.

De acordo com edital, a prova está prevista para ser aplicada no dia 02 de julho.

Confira aqui o edital

A duração dos contratos varia conforme o cargo. Será de 13 meses para a função de Analista Censitário, 10 meses para Agente Censitário Administrativo, 9 meses para Agente Censitário Regional e 7 meses para Agente Censitário de Informática, podendo ser prorrogado por igual período de acordo com a necessidade do trabalho ou disponibilidade de recursos orçamentários.

As inscrições para o primeiro processo seletivo, que será para os cargos de Analista Censitário (superior) e Agente Censitário (médio), devem ser realizadas até o dia 09 de maio, no site da Fundação Getúlio Vargas.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Além da remuneração mensal específica de sua função, o contratado temporário terá direito a auxílio alimentação, férias e 13º salário.

Censo Agropecuário

As operações do 10º Censo Agropecuário do IBGE começam em 1º de outubro de 2017. Ao longo de cinco meses, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas. Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em 2018.

Da Redação, com IBGE

Comentários

Nome

E-mail

Comentário