PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
13 dez 2015

História de caso que tirou a RedeTV! do ar em 2005 vira livro


Os bastidores da história de um dos casos mais emblemáticos da história da televisão acaba de virar um livro que pode ser lido de forma gratuita.

Intitulado de “A Sociedade ocupa a TV – O Caso Direitos de Resposta e o Controle Público da Mídia”, o livro conta os bastidores de como a ONG Intervozes e mais cinco organizações não-governamentais entraram com uma Ação Civil Pública em parceria com o Ministério Publico Federal contra o programa “Tarde Quente” , apresentado por João Kleber entre 2004 e 2005 na RedeTV!.

Nele, eram apresentadas as famosas pegadinhas do apresentador, que segundo as ONGs e o MPF, violavam os direitos humanos, em especial dos homossexuais. A condenação aconteceu rapidamente. A RedeTV! tirou o “Tarde Quente” do ar em 24 de outubro de 2005, e em seu lugar, por 60 dias, tinha de exibir o programa “Direitos de Resposta”, que eram a resposta das ONGs as ofensas de João. A emissora retirou o programa de sua grade, mas em seu lugar exibiu o infantil “Vila Maluca”. Sendo assim, a ordem judicial foi descumprida, e a emissora teve seu sinal de VHF cortado na Grande São Paulo justamente no dia de seu aniversário, em 15 de novembro de 2005.

5b28b877988da8feecb690657afd4b09Houve tentativa de corte no sinal para o restante do país, mas os agentes responsáveis não tiveram acesso à torre de emissão. Sendo assim, com exceção da região, o sinal foi transmitido normalmente nos demais pontos do país, e também para a Grande São Paulo via TV a cabo ou Parabólicas. Apesar de presente em outras cidades, nesse dia a emissora exibiu apenas reprises, com exceção dos telejornais que iam no ar na época. O sinal voltou 26 horas depois, mediante acordo entre a emissora e o governo para a exibição dos programas. João Kleber saiu da emissora na época, mas voltou a ser contratado em 2012.

O livro pode ser baixado gratuitamente no site do Intervozes, que também contém artigos sobre o poder da mídia e da televisão.

 Na Telinha 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário