PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
11 jun 2017

Hamilton voa e vence com tranquilidade no Canadá; Vettel se recupera e termina em quarto


Com uma saída firme e corrida equilibrada, Lewis Hamilton liderou o GP do Canadá de ponta a ponta e venceu o circuito na tarde deste domingo. O inglês já acumula seis triunfos em terras canadenses, um a menos do que o recordista Michael Schumacher, que tem 7.

Atrás de Hamilton ficou seu companheiro de equipe, Valteri Bottas. O finlandês também saiu bem e, após o abandono de Verstappen, assumiu o segundo lugar, o qual sustentou até o final da prova. O mesmo aconteceu com Ricciardo, que terminou na terceira posição, completando o pódio.

Sebastian Vettel, rival de Hamilton na briga pela liderança da Fórmula 1, enfrentou problemas durante o circuito. Entretanto, o alemão executou uma ótima corrida de recuperação e ficou com o quarto lugar

Um dos destaques ficou por conta do canadense Lance Stroll, que largou na 17ª posição. Correndo em casa, o piloto da Williams fez uma corrida agressiva e efetuou muitas ultrapassagens, inclusive em cima de Alonso. No final, terminou em nono, conquistando assim dois pontos em sua terra natal.

Após sete etapas, a classificação geral da Fórmula 1 segue com Sebastian Vettel no topo, mas com Hamilton mais perto do piloto da Ferrari. O alemão tem 141 pontos, seguido pelo inglês, em segundo, com 129. Logo atrás, fechando o top 3, está Valteri Bottas, que tem 93 pontos.

O brasileiro Felipe Massa, que abandonou a corrida nos primeiros segundos de circuito, não pontuou e foi ultrapassado na tabela por Esteban Ocon, que terminou em sexto no Canadá. Mass aparece no décimo lugar geral.

botafogo_vitorsilva-1024x683

Na largada, Hamilton saiu firme e manteve a ponta, atrás dele a sensação Max Verstappen arrancou bem e assumiu a segunda colocação. Quem também ganhou com a largada, foi Valteri Bottas, que ficou no terceiro lugar.

Por outro lado, Sebastian Vettel não teve o mesmo sucesso. O alemão foi ultrapassado logo no início e, durante o movimento, acabou sofrendo um toque do carro de Verstappen que danificou a asa dianteira de Vettel. O piloto da ferrari perdeu muito tempo e caiu da segunda posição para a quarta

O contato sofrido complicou de fato a situação para o tetracampeão da Fórmula 1. Ele teve que parar nos boxes já na sexta volta para reparar o dano sofrido no carro. Quando retornou a pista, se encontrava nas últimas posições, bem longe de Hamilton, primeiro colocado e rival direto pela liderança do evento.

Entretanto, Vettel não foi o único prejudicado na sáida. Romain Grosjean, Carlos Sainz e Felipe Massa se envolveram em um acidente logo nas curvas iniciais. A confusão resultou no abandono de Sainz e Massa do circuito.

Devido o acidente, foi preciso que o Safety Car entrasse na pista, apos sua saída, Bottas foi agressivo e tentou ultrapassar Verstappen que foi duro e evitou a manobra. Porém, a manutenção do segundo lugar durou pouco para o holandês.

Voltas depois, o jovem plioto da Red Bull teve problemas em seu carro e acabou deixando a disputa, com apenas 11 voltas completadas, para o desespero de sua equipe. Com o abandono do holandês, Bottas e Ricciardo ganharam posições e entraram no pódio.

Daí para o final, a corrida seguiu com boas ações dos pilotos e muitas mudanças de estratégias das equipes. Com Hamilton e Bottas praticamente garantidos nas primeira e segunda posições, respectivamente, a emoção ficou reservada à briga pelo terceiro lugar.

Ricciardo, Sérgio Perez, Sebastian Vettel – em uma ótima corrida de recuperação – e Esteban Ocon foram os protagonistas. Mesmo com muito esforço, Ocon e Perez acabaram sucubindo a Ferrari de Vettel, que assumiu a quarta colocação.

Porém, não havia mais tempo para o alemão alcançar Ricciardo, que terminou em terceiro, completando o pódio, que teve Hamilton no lugar mais alto.

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário