PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
13 maio 2017

Hamilton conquista pole e Alonso brilha em casa; Massa larga em nono na Espanha


Neste sábado, foi realizado o treino classificatório para o Grande Prêmio da Espanha, quinta prova da temporada de 2017 da Fórmula 1. Após liderar os dois primeiros treinos livres, Lewis Hamilton foi o mais rápido e fez a pole position, sua terceira no ano, com o tempo de 1min19s149.

Com um novo pacote aerodinâmico e mudança do centro de gravidade do carro, a Mercedes voltou a ser a mais rápida. Contudo, a diferença para a Ferrari foi pequena, já que a segunda colocação ficou com Sebastian Vettel, com 1min19s200.

A segunda fila também será formada por um carro da Mercedes e um da Ferrari. Valtteri Bottas fez o terceiro melhor tempo, com 1min19s373, seguido por Kimi Raikkonen, com 1min19s439.

Felipe Massa, apesar da Williams não apresentar um rendimento tão bom, conseguiu se classificar ao Q3 e conquistou a nona colocação, largando na quinta fila, ao lado de Esteban Ocon, em décimo. Já Fernando Alonso surpreendeu e alcançou o sétimo lugar com a McLaren, com 1min21s048.

1439058431080

Entre o final do treino livre e o início do classificatório, Sebastian Vettel teve que trocar o motor. No início do Q1, o problema, que parecia resolvido, voltou a atrapalhar, e a Ferrai mandou o tetracampeão para o carro imediatamente. A questão, porém, foi solucionada rapidamente, e o alemão avançou sem maiores dificuldades.

Quem não teve vida fácil foi Felipe Massa. Com um baixo rendimento da Williams, Felipe Massa passou raspando ao Q2, fazendo o 14º melhor tempo na primeira fase do treino classificatório.

Os cinco eliminados foram de equipes diferentes, e largarão nas últimas colocações. São eles: Marcus Ericsson, da Sauber; Jolyon Palmer, da Renault; Lance Stroll, da Williams; Stoffel Vandoorne, da McLaren; e Daniil Kvyat, da Toro Rosso.

O destaque do Q2 ficou por conta de Fernando Alonso, que não completou as quatro primeiras corridas do ano e vem enfrentando problemas na McLaren, principalmente em relação ao motor. Porém, o bicampeão mais uma vez mostrou sua qualidade e, tirando tudo de seu carro, avançou ao Q3 pela primeira vez na temporada, levando ao delírio a torcida espanhola.

Felipe Massa, que havia sofrido no Q1, conseguiu se classificar com o oitavo melhor tempo. Já as Ferraris, as Mercedes e as Red Bulls passaram sem maiores problemas. Os dois carros da Force India também se garantiram na fase final.

Cinco pilotos não conseguiram avançar e pararam na parte intermediária do treino: Kevin Magnussen, da Haas; Carlos Sainz, da Toro Rosso; Nico Hulkenberg, da Renault; Romain Grosjean, da Haas; e Pascal Wehrlein, da Sauber.

Na fase final do treino, a luta entre Mercedes e Ferrari foi travada até os segundos finais do treino. Melhor para Lewis Hamilton, que foi o mais rápido e garantiu a pole, seguido por Vettel, Bottas e Raikkonen.

Alonso continuou surpreendendo e colocou a McLaren na quarta fila, na sétima colocação. Já Felipe Massa largará em nono. Max Verstappen e Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull, ficaram em quinto e sexto, respectivamente.

O Grande Prêmio da Espanha acontece neste domingo, a partir das 9 horas (de Brasília). Nos últimos dez anos, dez campeões diferentes triunfaram em Barcelona. Em 2016, o vencedor foi Max Verstappen, que se tornou o piloto mais jovem a vencer uma corrida na história da F1.

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário