PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 abr 2016

Gripe H1N1 já causou pelo menos cinco mortes no Estado da Paraíba


Chegada antecipada do vírus da gripe (H1N1) já matou cinco pessoas na Paraíba. Desse total, um caso foi confirmado e quatro estão sendo investigados. A morte suspeita mais recente foi de um homem de 46 anos, que faleceu no Hospital Regional de Cajazeiras, no Sertão paraibano, após passar três dias internado na unidade hospitalar. Francisco Zeudo Costa Bezerra morava na zona rural do município de Cajazeiras. A equipe médica do hospital ainda está investigando se ele pertencia ao grupo de risco mais vulnerável à gripe. O resultado dos exames que comprovará ou não a infecção pelo H1N1 deve sair nos próximos dias.

As informações sobre a morte de Francisco Zeudo foram repassadas pela assessoria de imprensa do Hospital Regional de Cajazeiras, que informou também que Francisco Bezerra deu entrada no hospital na última segunda-feira e o seu óbito foi registrado na última quarta.

h1n1Ainda conforme a assessoria, o paciente chegou à unidade hospitalar apresentando sintomas como tosse seca, febre acima de 39° e dificuldades respiratórias.

Ele ficou internado no eixo vermelho, que seria um suporte da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) quando os leitos estão todos ocupados, mas devido à gravidade do seu estado de saúde não resistiu e morreu. Conforme a assessoria do hospitaL, nessa última semana um outro paciente deu entrada na unidade e foi levantada a possibilidade dele estar com o vírus H1N1, mas após uma investigação mais profunda foi descartada essa possibilidade.

Outros casos

Na última terça-feira, um paciente de 49 anos morreu no Hospital Regional de Patos, com suspeita de infecção pelo vírus H1N1, segundo a 6ª Gerência Regional de Saúde. O material genético foi recolhido para confirmar se ele seria mais uma vítima da gripe A. O resultado dos exames deve sair nos próximos dias.

A primeira morte confirmada por infecção do vírus H1N1 foi registrada na Paraíba na última terça feira e a vítima foi a jovem Mirla Farias Pereira, 25 anos, que estava internada há cerca de um mês no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande.

Já na segunda-feira, outro paciente morreu com suspeita de H1N1 no Hospital Municipal Pedro I. A vítima era um homem de 44 anos de idade que morava no Bairro do Cruzeiro. O caso segue em investigação à espera do resultado dos exames. Na última quinta-feira, foi registrado outro óbito suspeito, que ainda está sendo investigado. A vítima foi Marlinda de França Graciano, 55 anos, que morava em Puxinanã, no Agreste paraibano, e estava internada no Hospital de Trauma de Campina Grande desde o último dia 12. A Secretaria de Estado da Saúde vai começar a imunização do grupo de risco na segunda-feira.

Fonte: Jornal da Paraíba

Comentários

Nome

E-mail

Comentário