PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
18 jan 2016

Globo entra na Justiça contra Conmebol para não perder Libertadores


Com o envolvimento pesado entre Traffic, T&T Sports Marketing e Conmebol em denúncias de corrupção da Fifa, os direitos de transmissão da Libertadores ficaram ameaçados para quem tinha contrato com estas empresas.

É o caso da Globo, que tinha acordo de exclusividade em TV aberta com as três entidades até 2022. Com a ameaça de cancelamento do contrato, a emissora carioca foi atrás de seus direitos.

Segundo a revista Veja, a Globo entrou com um processo contra as três empresas exigindo o cumprimento do acordo. Na ação movida pelo escritório do advogado Sérgio Bermudes, a rede reclama da iniciativa da Conmebol de anunciar a “desistência ou renúncia” dos direitos de transmissão de competições entre 2019 e 2022.

Segundo o documento, os contratos corriam dentro da normalidade até que, em maio do ano passado, vieram à tona denúncias de irregularidades envolvendo empresas de marketing esportivo, dirigentes da Fifa e da própria Conmebol. Semanas depois, a confederação anunciou o rompimento de contrato com duas empresas envolvidas no escândalo, além da Conmebol.

“O recado não poderia ser mais claro: querem revender a terceiros ou à própria autora, por valor superior ao originalmente contratado, aquilo que já cederam à Globo, para a obtenção de maior lucro”, afirma a petição enviada pela emissora à Justiça.
libertadores
A Globo acionou judicialmente a Conmebol, a T&T e a Torneos & Traffic. No último dia 18, o juiz Cesar Augusto de Oliveira Queiroz Rosalino excluiu a confederação do processo, alegando que a emissora tem vínculo contratual apenas com a T&T e a Torneos.

A Globo já afirmou, através de Bermudes, que recorrerá da decisão. Em 2016, a transmissão da Libertadores de forma exclusiva na TV aberta está garantida pela emissora carioca.

  Fonte: Na Telinha 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário