PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
16 set 2018

General Mourão não vai mais pedir para substituir Bolsonaro em debates


Após o candidato Jair Bolsonaro levar uma facada durante um comício em Minas Gerais, o general reformado do Exército Hamilton Mourão, vice na chapa presidencial, demonstrou interesse em substituir o deputado em entrevistas à TV e debates eleitorais. Nem general Mourão ou seu partido, porém, chegaram a consultar a cúpula de Bolsonaro ou o PSL (Partido Social Liberal).

Neste domingo (16), o PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), partido de general Mourão , desistiu de formalizar recurso junto ao TSE para que o candidato a vice-presidência substitua o companheiro de chapa em debates eleitorais .

De acordo com a assessoria de imprensa do partido, não houve encaminhamento de recurso formal à Justiça Eleitoral. O partido fez uma consulta informal à Corte e foi orientado no sentido de que “as tratativas [sobre a possibilidade de Mourão substituir Bolsonaro] sejam feitas diretamente com as emissoras”.

O vice chegou a informar também que não vai “substituir Bolsonaro em nada” e que nesta segunda-feira (17) vai cumprir agenda própria em São Paulo. Ele marcará presença em encontro com a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), com representantes da construção civil (Secovi/Sindicato da Habitação) e com o político Levy Fidelix.

General Mourão sobre Jair Bolsonaro

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro caminhando por um corredor do Hospital Israelita Albert Einstein, na capital paulista, após ter recebido alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neste domingo (16). O deputado federal foi transferido para a unidade de cuidados semi-intensivos, segundo boletim médico.

Desde a última quarta-feira (12), Jair Bolsonaro estava na UTI, quando foi submetido a uma cirurgia de emergência para tratar uma aderência que obstruía o intestino delgado. O boletim médico informou que a evolução de Bolsonaro é boa e ele continua sem febre.

De acordo com o comunicado, a alimentação ainda está sendo feita por via endovenosa. O candidato está sendo submetido a medidas de prevenção de trombose e fisioterapia respiratória e motora.

Em relação à recuperação de Bolsonaro, general Mourão mostrou-se satisfeito, afirmando que o trabalho realizado tanto na Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora, Minas Gerais, quanto no Albert Einstein foi “uma maravilha”.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: iG

Comentários

Nome

E-mail

Comentário