PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
3 maio 2016

Fugitivos de presídio do RN são presos em flagrante por assalto aos Correios


Dois homens, que são foragidos do presídio de Caraúbas, no Rio Grande do Norte, foram presos em flagrante na última segunda-feira (2) suspeitos de assalto à uma agência dos Correios e Telégrafos da cidade de Paulista, no Sertão paraibano. Com os suspeitos, foram apreendidas três armas de fogo, uma delas tem registro de roubo e outra pertencia ao vigilante de outra agência dos Correios .

A Polícia Militar (PM) recebeu a informação do crime por volta das 14h. Nove policiais militares foram até o local e quando chegaram ao prédio, conseguiram prender em flagrante os dois suspeitos que estavam tentando retirar o dinheiro do cofre da agência – que, na cidade, também realiza serviços bancários, como pagamento de aposentados e pensionistas.

Os suspeitos foram identificados como Washinton Martins da Rocha, de 28 anos e Francisco Mikael Teixeira Pinto, de 20 anos. Os dois informaram que chegaram há pouco tempo na Paraíba e que são foragidos do presídio de Caraúbas, no Rio Grande do Norte, de onde fugiram 11 detentos em março deste ano.

“Eles disseram que estavam observando a região para identificar o policiamento nas cidades. O objetivo era monitorar as agências dos Correios que seriam mais vulneráveis por não possuírem equipamentos de segurança, mas os nossos policiais conseguiram impedir o crime e eles foram presos”, contou o comandante do 12º Batalhão da PM, capitão Lima.

Com os suspeitos, foram apreendidas três armas de fogo, uma delas tem registro de roubo. O revólver que estava com um dos criminosos, de acordo com um levantamento, pertencia ao vigilante de outra agência dos Correios do interior do Rio Grande do Norte que foi assaltada no mês passado. Como a agência dos Correios e Telégrafos é uma instituição Federal, Washinton e Francisco Mikael foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal de Patos.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário