PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
18 maio 2017

Flamengo cai nos grupos pela 3ª vez seguida e aumenta vexames


O torcedor do Flamengo lamentou o desastre desta quarta-feira ao ser eliminado ainda na fase de grupos da Libertadores. Mas a dura verdade é que o clube rubro-negro já se acostumou com vexames internacionais nos últimos anos, em especial no século XXI.

Afinal de contas, é nada menos que a terceira vez consecutiva (e a quarta neste século) que o Fla cai na fase de grupos.

A primeira eliminação bastante precoce aconteceu em 2002. O time, que contava com o goleiro Júlio César, o zagueiro Juan, o lateral Athirson, os meio-campistas Felipe Melo, Juninho Paulista e Petkovic, acabou como lanterna de um grupo que contava com Olimpia (PAR), Universidad Católica (CHI) e Once Caldas (COL).

O clube só voltou ao torneio em 2007, mas acabou caindo para um rival com muito menos tradição. O Defensor Sporting (URU) abriu 3 a 0 no jogo de ida das oitavas de final e, mesmo ganhando por 2 a 0 na volta, o Flamengo acabou eliminado. Aquele time contava com nomes como o do goleiro Bruno, os laterais Léo Moura e Juan, os meio-campistas Renato Augusto e Juninho Paulista e os atacantes Obina e Souza.

No ano seguinte, o vexame foi até maior. De novo nas oitavas de final, o Flamengo foi até o México e venceu o América por 4 a 2 na ida. Na volta, era só administrar o resultado. Em pleno Maracanã, porém, a equipe foi derrotada por 3 a 0, com um show do ‘gordinho’ Cabañas. Entre outros nomes, o time tinha o goleiro Bruno, os laterais Léo Moura e Juan, os meio-campistas Ibson e Kleberson e o atacante Diego Tardelli.

A campanha mais longeva no século aconteceu em 2010. A equipe de Bruno, Léo Moura, Kleberson, Adriano Imperador e Vagner Love perdeu em pleno Maracanã para a Universidad de Chile e não conseguiu buscar o resultado fora de casa, caindo nas quartas de final.622_c788ab7b-22da-3987-bc50-ecfd8e456dff

Em 2012, com o goleiro Felipe, Ronaldinho Gaúcho e Vagner Love, a equipe voltou a cair ainda na fase de grupos, em uma chave que tinha Lanús (ARG), Emelec (EQU) – ambos classificados às oitavas – e Olimpia (PAR).

Em 2014, outra eliminação na primeira fase diante de times de pouquíssima tradição: terceiro lugar no grupo, atrás de Bolívar (BOL) e León (MEX), a frente apenas do Emelec (EQU). E pior: a doída eliminação foi sacramentada na última rodada, com derrota em pleno Maracanã para os mexicanos. Entre outros nomes, o time tinha o goleiro Felipe, o lateral André Santos, o meio-campista Elano e o atacante Alecsandro.

Soma-se a isso eliminação duras também na Copa Sul-Americana no período, como a do ano passado diante do Palestino.

Veja todas as participações do Flamengo na Libertadores no século:

2002 – Eliminado na fase de grupos – diante de Olimpia (PAR), Universidad Católica (CHI) e Once Caldas (COL).
2007 – Eliminado nas oitavas de final – pelo Defensor Sporting (URU)
2008 – Eliminado nas oitavas de final – pelo América (MEX)
2010 – Eliminado nas quartas de final – pela Universidad de Chile (CHI)
2012 – Eliminado na fase de grupos – diante de Lanús (ARG), Emelec (EQU) e Olimpia (PAR)
2014 – Eliminado na fase de grupos – diante de Bolívar (BOL), León (MEX) e Emelec (EQU)
2017 – Eliminado na fase de grupos – diante de San Lorenzo (ARG), Atlético-PR (BRA) e Universidad Católica (CHI)

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário