PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
23 jun 2018

Filhos e empresário de Cristiano Araújo lutam por dinheiro e ficam sem receber um centavo


Os dois filhos do cantor Cristiano Araújo, morto em 2015 em um acidente de carro, ainda não receberam o valor do seguro do carro do sertanejo. De acordo com a justiça, o dinheiro está na conta do processo do inventário.

De acordo com informações do portal G1, os responsáveis por João Gabriel, de 9 anos, e Bernardo, de 5 anos, filhos do sertanejo, estavam disputando o valor com um empresário, que não teve o nome divulgado. Informações dão conta de que a Range Rover do cantor ainda estava vinculada ao homem.

O automóvel de luxo era usado por Cristiano desde abril de 2015, dois meses antes do acidente, para viagens relativamente curtas a locais onde faria shows. Além dele, a namorada, Allana Moraes, também morreu. O empresário Victor Leonardo e o motorista Ronaldo Miranda, que também estavam no carro, ficaram feridos.

Até que o montante do seguro fosse liberado, o veículo foi alvo de uma intensa disputa entre as partes. Cristiano Araújo tem como herdeiros dois filhos. O empresário e os responsáveis pelas crianças apresentam versões diferentes em relação à posse do carro.

“Nós comprovamos com documentos fornecidos pela família, algumas informações que a gente tinha na época e no processo que surgiu sobre a propriedade do veículo. Conseguimos provar que o veículo, apesar de estar em nome de uma empresa, não do falecido, pertencia a ele”, contou o advogado da mãe de Bernardo, Luiz Fernando Freitas Pires.

A advogada Marly Marçal, que representa o empresário, disse que seu cliente adquiriu o carro à vista, para uso próprio, mas que ficou apenas dez dias com o veículo. Temendo pela segurança de Cristiano, com quem trabalhava, ele resolveu cedê-lo para a realização das viagens.

“Um dia, meu cliente viu que o Cristiano estava indo para os shows em uma caminhonete mais velha. O Cristiano uma vez deu uma volta no carro e se apaixonou. Então, preocupado com a segurança dele, o empresário resolver repassar o veículo”, disse Marly.

Outra informação repassada pelo advogado é de que o inventário do sertanejo não deve ser finalizado ainda em 2018. O processo está em andamento e ainda não tem prazo para terminar.

Fonte: TV Foco

Comentários

Nome

E-mail

Comentário