PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
24 maio 2018

Fernanda Gentil compara Neymar e Messi e defende o craque brasileiro dos erros


Fernanda Gentil deu uma entrevista para o Uol recentemente e falou sobre sua vida, filhos, namorada, separação e os bastidores do trabalho na Globo.

Por ser do esporte, ela não escapou de opinar sobre alguns dos melhores jogadores da atualidade, como Neymar e Messi, por exemplo. Ela foi só elogios ao argentino, e ainda defendeu um pouco o brasileiro.

Sobre o namorado de Bruna Marquezine, Fernanda declarou: “Moleque, atrevido, ousado, alegre, que erra e acerta. É muito mais perseguido do que deveria ser. Se entendêssemos realmente que ele tem o direito de errar como qualquer um, não cairiam tanto em cima dele. Aprende rápido, dá muito exemplo nas entrelinhas, cai e levanta o tempo todo. Sofre as dores e delícias de ser quem é”.

Já sobre o argentino, disse: “É a perfeição. Poderia falar tudo o que falei do Neymar, mas ele não tem erro. É gênio e ponto. Se tem algum erro, não deixa aparecer, o que não sou muito a favor. Parece quase não humano. Não fala fora de hora, não dá declarações polêmicas ou aparece em foto errada”.

E lembrou de Tiago Leifert, que também foi do jornalismo esportivo: “Muita gente fala que somos irmãos e filhos do Tite. Ele é um geniozinho entre nós. Foi visionário em propor o que propôs para o ‘Globo Esporte’ de São Paulo. Mudou formato, estúdio, linguagem. Só estou surfando a onda dele. Imagina quanta rejeição ele teve? Sempre fomos muito próximos, ele me aconselha bastante”.

E Galvão Bueno: “É emoção em forma de voz para muita gente. É mito, mestre, monstro. Em 2010, nas Olimpíadas de Inverno, no SporTV, entrei ao vivo e respondi tudo sobre os esportes completamente loucos, países que nunca acompanhei e, na última pergunta, ele mandou: ‘Que horas são?’, por causa do fuso. Eu estava sem relógio. Pensei: ‘Cacete, estava tudo bem’. Fiquei tensa e mandei um e-mail. Ele foi muito carinhoso e disse: ‘As pessoas têm medo de mim, mas sou como qualquer outra pessoa”.

E falou também sobre Mari Palma, que agora é do ramo do esporte na Globo: “Tem muito talento, jeito, carisma. É a cara dessa nova leva do jornalismo. Não a conheço pessoalmente, mas mandei uma mensagem para ela dando boas vindas. Torço para que faça uma carreira brilhante, que conte boas histórias, leve exemplos bons para as pessoas. Essa é nossa grande responsabilidade como comunicadoras”.

E rasgou elogios a Fátima Bernardes: “No meu primeiro dia de Globo, meu chefe na época [o diretor de esportes João Paes Leme] disse: ‘Você está chegando hoje e se tiver alguém para se espelhar aqui dentro só pensa na Fátima Bernardes. Ela é a mesma pessoa desde que entrou aqui.’ Ela é incrível, quebrou vários paradigmas. Viveu uma transformação sendo a protagonista, no olho do furacão. Se reinventa a cada momento em que é exigida. Converso muito com ela”.

 

Fonte: TV Foco

Comentários

Nome

E-mail

Comentário