PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
4 ago 2017

Falso fiscal do IBAMA tenta extorquir agricultor na cidade de Triunfo


Por volta das 16h desta quinta-feira (03), um agricultor acionou a PM da cidade de Triunfo, informando que em sua residência estaria um homem se passando por um fiscal do IBAMA, exigindo dinheiro, tendo em vista o mesmo possuir dois periquitos australianos em casa.

Segundo informações do senhor Francisco Antônio Sousa de Almeida, um suposto fiscal chegou a sua residência localizada no sítio Saco, às margens da PB-411, provavelmente após ter visto os pássaros no quintal da residência, tendo se identificado como um funcionário do IBAMA. O mesmo afirmou ao proprietário que ele teria que pagar a quantia de 100,00 reais, caso se recusasse, seria autuado e teria as aves apreendidas.

O agricultor temendo perder seus pássaros, que cria há muito tempo, já tendo um vínculo afetivo, se dispôs a pagar, para isso, pediu então ao suposto funcionário que apresentasse seu crachá de identificação, momento em que o mesmo disse que só apresentaria se ele primeiro pagasse a quantia exigida.

8888Desconfiado da situação, o senhor Chicão de Nova, como é conhecido, entrou na residência e ligou para uma guarnição da polícia militar retratando o ocorrido, tendo o falso fiscal percebido e se evadido do local em uma motocicleta.

A PM chegou ao local rapidamente, entretanto, o acusado que segundo a vítima estava em uma moto Honda NX 200, tomou destino sentido a cidade de São João do Rio do Peixe, tendo a polícia feito diligências, porém, o falso fiscal não fora localizado.

O comandante do policiamento de Triunfo, sargento Evanilson, alerta a população sobre práticas fraudulentas por parte de pessoas de má índole, citando exemplos de situações em que atendeu outras ocorrências que pessoas foram enganadas através de ligações telefônicas com falsas promessas de prêmios e promoções.

“É importante que as pessoas estejam atentas a esses tipos de golpes, nesse caso, o morador fez o certo ao pedir a identificação do suposto fiscal, vale lembrar ainda, que o periquito australiano é uma espécie considerada exótica e não silvestre, portanto, a legislação brasileira permite a criação em cativeiro, desta forma, o cidadão não cometeu nenhum crime, mas sim o falso fiscal, ao se passar por agente público incorreu no crime de Falsa identidade, previsto no art. 307 do código penal, que tem pena de até um ano de detenção”, ressaltou o sargento.

O caso será informado a Polícia Civil através de boletim informativo da PM, para que investigações sejam feitas e o falso funcionário seja identificado.

Comentários